×

Publicidade

Polícia

Em Manaus, criminosos deixam recado ao lado de homem morto a tiros

Andrew dos Santos de Souza, 25, conhecido como "Pipoca", tinha passagem por receptação em 2017.

Andrew foi executado com nove tiros (Fotos: Divulgação)

Manaus (AM) – Com nove tiros, o autônomo Andrew dos Santos de Souza, 25, conhecido como “Pipoca”, foi executado na noite deste domingo (14), por volta das 21h30, no beco Raul Pompéia, na rua Júlio Saraiva, no bairro Jorge Teixeira – primeira etapa, na Zona Leste de Manaus.

Publicidade

De acordo com a equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Andrew foi alvejado com tiros de pistola calibre 380 milímetros no tórax, no braço e no abdômen, por autoria ainda desconhecida. Nenhum morador quis se manifestar sobre o crime.

Em cima do corpo, os policiais encontraram dois bilhetes associando a morte de Andrew com o assassinato de Lohanny Remigio Nascimento, 8. Os recados foram deixados com as seguintes frases: “Morreu por matar criança” e “Morreu por causa da criança de 8 anos”.

Conforme informações apuradas pelo Portal Diário Manauara, Andrew tinha passagem por receptação em 2017. No entanto, a polícia acredita que Andrew não possui participação na morte da criança e o recado seria uma forma encontrada pelos assassinos para intrigarem as investigações. O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML).

Investigações

Os suspeitos foram flagrados pelas câmeras de segurança de hospital (Fotos: Reprodução)

Entre os envolvidos no assassinato da menina, a polícia já identificou um deles pelas imagens de câmeras de segurança quando buscava atendimento médico no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Dr. Platão Araújo, na Zona Leste. No vídeo, Wilhames Felipe chega em uma motocicleta vermelha com dois comparsas.

Com ferimento no pescoço e nu, ele ainda se recusa ficar na unidade hospitalar. Após receber curativos, Wilhames Felipe deixou o hospital e fugiu em uma motocicleta que abordou na avenida Autaz Mirim. Ele havia sido agredido por populares durante a tentativa de assalto, que resultou em tiroteio e morte.

No local do crime, na rua Turmalina, comunidade Nova Floresta, bairro Tancredo Neves, Zona Leste da capital, a motocicleta abandonada pelos criminosos, modelo Honda/XRE 300, de cor vermelha e placa OAE-3424, foi apreendida e levada para o pátio da DEHS.

Em consulta ao sistema de segurança, o veículo apresentou restrição de roubo, o qual tinha sido roubado durante a madrugada na rua Mina, no bairro Jorge Teixeira. Com o avanço das investigações, a polícia recebeu uma denúncia que a moto não havia sido roubada. O suposto roubo é investigado. 

A DEHS segue com equipes nas ruas para elucidar o assassinato de Lohanny. Quem puder ajudar a polícia na prisão dos envolvidos, pode ligar para o disque-denúncia, 181, da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), ou pelo (92) 98421-5336 da DEHS. Não é preciso se identificar.

Comentários

error: Content is protected !!