×

CidadesPolícia

Quinteto é preso após matar caseiro a tiros em ramal da AM-010

Cinco homens foram presos em flagrante, na tarde desta quarta-feira (16) por volta das 15h, suspeitos de envolvimento na morte do caseiro Josué dos Santos Brandão, 20. A vítima foi morta a tiros em uma chácara, localizada no Ramal Água Branca 2, no quilômetro 34 da rodovia AM-010.

O crime ocorreu em uma chácara, no Ramal Água Branca 2, no quilômetro 35 da rodovia AM-010 - foto: divulgação

O crime ocorreu em uma chácara, no Ramal Água Branca 2, no quilômetro 34 da rodovia AM-010 – foto: divulgação

Publicidade

De acordo com as informações do 26º Distrito Integrado de Polícia (DIP), os cinco homens foram interceptados em atitude suspeita nas proximidades da barreira, na Zona Norte de Manaus. Com o grupo, os policiais encontraram um revólver calibre 32.

Arleson Miranda Pereira, Robert Barbosa Pinheiro, Alexsandro Almeida Pereira, Alcimar Dias de Figueiredo e Alexsandro Malafaia Montanha, com idade entre 19 e 42 anos, foram conduzidos para a delegacia para prestar esclarecimentos. Na ocasião, constatou-se que três suspeitos tinham mandados em aberto por homicídio, expedidos desde junho deste ano. Além disso, o trio tinha passagem por roubo.

Em depoimento, um dos homens disse que um caseiro de uma chácara havia sido morto por um dos integrantes, após negar vender drogas para o grupo.

Policiais civis do 6º DIP e militares da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram até o local indicado pelo quinteto e encontraram o caseiro com vários tiros pelo corpo. O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para fazer a remoção.

Os cinco homens foram indiciados por homicídio e porte ilegal de arma de fogo. Todos eles foram encaminhados para o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), no quilômetro 8 da BR-174, que liga Manaus a Boa Vista, onde aguardarão à decisão da Justiça.

Comentários