×

Publicidade

Cidades

Ingressos para Brasil x Uruguai garantem doações que podem salvar vidas

Trezentos bilhetes sorteados e não retirados se transformaram em bolsas de sangue para reforçar estoque do Hemoam

Coleta de sangue. (Foto: Lucy Rocha/Secom)

Manaus (AM) – O amor pelo esporte se transformou em um gesto capaz de salvar vidas. Na manhã desta quinta-feira (14), 300 pessoas doaram sangue, reforçaram o estoque da Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam) e garantiram o ingresso para a partida entre Brasil e Uruguai na noite de hoje, na Arena da Amazônia Vivaldo Lima.

Publicidade

Os bilhetes disponibilizados aos doadores fazem parte da cota de ingressos sorteados pela campanha “Vacina Premiada”, que não foram retirados pelos contemplados.

Cada doação equivale a uma bolsa de sangue que pode salvar até quatro vidas. Juntas, as 300 doações feitas por torcedores que receberam o ingresso para a partida podem beneficiar 1.200 pessoas que precisam de sangue.

“Essa ação está sendo muito produtiva, no sentido de aumentar o nosso estoque de sangue, está ajudando tanto hoje, quanto nos próximos dias. As pessoas que estão vindo doar pela primeira vez, a maioria está vendo que é algo simples, é como se fosse uma coleta de sangue, claro que num volume um pouco maior. Já se consideram doadores fidelizados, isso é muito importante para a conscientização, também, da população” disse Socorro Sampaio, diretora-presidente do Hemoam.

Atualmente o Hemoam recebe, por dia, entre 190 e 200 bolsas de sangue. Com as doações motivadas pelo clássico de futebol, a expectativa é alcançar, só nesta quinta-feira, 450 bolsas arrecadadas, somados os doadores regulares e aqueles que foram retirar o ingresso.

O Hemoam abastece 100% do estado, incluindo tanto unidades do Sistema Único de Saúde (SUS) quanto da rede particular. Por dia, cerca de 160 transfusões são realizadas no Amazonas, por isso há a necessidade constante de doações de sangue.

Para doar é necessário estar em bom estado de saúde, ter entre 16 e 69 anos de idade (menores de idade precisam estar acompanhados de um responsável legal), ter acima de 50 quilos, estar bem alimentado e ter dormido pelo menos seis horas na noite anterior.

Além de todos os critérios preconizados pelo Hemoam, também foi exigida a apresentação da carteira de vacinação comprovando a aplicação das duas doses ou dose única da vacina contra a Covid-19, até o dia 29 de setembro.

Novos doadores

O sonho de assistir a um clássico protagonizado pela Seleção Brasileira motivou centenas de pessoas a doarem sangue pela primeira vez.

É o caso da administradora Amanda Rocha, primeira a doar e sair com o ingresso em mãos.

“Estava tentando comprar o ingresso, não consegui. Eu me inscrevi na ‘Vacina Premiada’ e não fui sorteada. Aí ficou aquela frustração. Quando o governador publicou (o anúncio nas redes sociais), eu vim. Estou muito ansiosa, o futebol é o meu esporte preferido, então é aquela ansiedade, quero que chege logo a hora para estar na Arena”, comentou Amanda.

A torcedora já se considera uma das novas doadoras regulares do Hemoam. “A gente ainda ajuda as pessoas que estão precisando de sangue. Foi minha primeira vez doando, gostei muito, foi rápido, não senti dor e vou prolongar essas doações. Venham doar sangue, tem muitas pessoas precisando”, convidou a administradora.

Também doando pela primeira vez, o estudante de Odontologia, Mateus Andrade, comemora outro acontecimento inédito para ele: ver de perto o time do Brasil jogando.

“É a nossa seleção, sempre assisti a jogos não tão importantes como esse. Teve o sorteio, as vendas, e infelizmente eu não consegui comprar. Quando eu vi essa oportunidade, falei, ‘eu vou agarrar’. Estou muito feliz de ter conseguido, fui um dos primeiros a conseguir chegar. Obrigado pelo ingresso, espero que mais pessoas possam voltar para fazer a doação”, observou Mateus.

Ingressos não resgatados – Além dos 300 ingressos destinados ao Hemoam, o Governo do Amazonas doou 700 bilhetes remanescentes da campanha “Vacina Premiada”, não retirados pelos ganhadores, para 14 emissoras de TV e de rádio, para sorteio entre os telespectadores e ouvintes com esquema vacinal completo até 29 de setembro.

‘Vacina Premiada’

A campanha foi lançada pelo governador Wilson Lima para incentivar a vacinação e marca o retorno do público a jogos na Arena da Amazônia. Foram sorteados 3 mil ingressos repassados como contrapartida pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ao Governo do Amazonas, sem custos para o Estado. Aqueles que não foram retirados pelos contemplados estão sendo doados para novos sorteios, também condicionados à vacinação.

A partida entre Brasil e Uruguai será na noite desta quinta-feira, na Arena da Amazônia Vivaldo Lima, e é válida pelas eliminatórias para a Copa do Mundo Fifa Catar 2022.

*Com informações da assessoria

Comentários

error: O conteúdo está protegido !!