×

Publicidade

Polícia

Trio é preso por morte de criança de 8 anos na Zona Leste de Manaus

Emerson, Jordan e Wilhames Felipe, também são investigados pelo assassinato de Andrew dos Santos de Souza, 25, na noite de domingo (14).

Trio envolvido na morte de Lohanny é preso (Foto: Diário Manauara)

Manaus (AM) – Emerson Leão Gonçalez, 21, Jordan dos Santos Vaz, 21, e Wilhames Felipe Teixeira de Souza, 28, principais envolvidos em assalto frustrado que resultou na morte da estudante Lohanny Remigio Nascimento, 8, foram presos ao longo desta semana pela equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Publicidade

Em coletiva de imprensa na manhã desta terça-feira (16), o delegado Charles Araújo, titular da DEHS, informou que um dos suspeitos, Jordan, foi preso na tarde de segunda-feira (15), no bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste da capital. Emerson e Wilhames Felipe se apresentaram na especializada acompanhado de dois advogados.

“No dia crime, Emerson e Wilhames Felipe tentaram realizar assalto na rua Turmalina, na comunidade Nova Floresta, utilizando uma faca. Durante a ação criminosa, os moradores conseguir imobilizar um dos suspeitos, que foi agredido e ficou ferido. O comparsa fugiu e retornou com outro cúmplice em uma motocicleta, armado com revólver. Em ato de vingança, Jordan começou a efetuar tiros aleatoriamente contra os populares”, disse.

Conforme o trabalho investigativo da DEHS, Rubens Cardoso de Souza, 25, e a enteada, Lohanny Remigio Nascimento, 8, foram baleados dentro de casa. A criança morreu no local após ser atingida com dois tiros no tórax e outro na mão esquerda. O padrasto foi alvejado na virilha e encaminhado para o Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Dr. João Lúcio, na mesma zona.

“Pipoca”

Após a morte de Lohanny e imagens dos três suspeitos do ataque serem divulgados nas redes sociais, Andrew dos Santos de Souza, 25, “conhecido como “Pipoca”, foi executado com nove tiros na rua Júlio Saraiva, no bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste.

Junto ao corpo, dois bilhetes foram deixados informando que Andrew havia sido morto por participação no assassinato de Lohanny, mas a polícia descartou o envolvimento e descobriu que o crime foi cometido para despistar o trabalho investigativo. A vítima morava na mesma rua dos procurados da Justiça.

Motocicleta

Conforme informações da DEHS, a motocicleta Honda/XRE 300, de cor vermelha e placa OAE-3424, usada no dia do assalto frustrado tinha sido emprestada por “Wilgson” para um dos amigos. Após o fato, o proprietário foi avisado para registrar Boletim de Ocorrência (B.O.), para dificultar as investigações. O dono da moto irá responder por falsa comunicação de crime.

Com prisões preventiva, Emerson, Jordan e Wilhames Felipe irão responder pelos crimes de roubo majorado tentado, homicídio qualificado consumado e tentado. O trio será conduzido para realizar exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) e, posteriormente, encaminhado para audiência de custódia na Central de Recebimento e Triagem (CRT).

Eles ficaram presos no Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), localizado no quilômetro 8 da BR-174, onde aguardarão à decisão da Justiça. A autoridade policial ressaltou que o inquérito policial ainda não foi concluído. A suspeita é que o trio tenha participação no assassinato de Andrew.

Comentários

error: Content is protected !!