×

Publicidade

Polícia

Homem que desapareceu com a família é encontrado em Novo Aripuanã

Miguel Pedrassa de Assis, 33, desmentiu que estivesse desaparecido da comunidade Vista Alegre, em Borba, e disse que tudo é equivoco

Homem declarado desaparecido disse à polícia que tudo é um equívoco (Foto: Divulgação/Arquivo pessoal)

Aripuanã (AM) – Miguel Pedrassa de Assis, 33, da etnia Mura, que estava desaparecido foi encontrado na manhã deste domingo (1º), por policiais militares do 2º Pelotão da 9ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) no aeroporto do município de Novo Aripuanã (a 227 quilômetros de Manaus).

Publicidade

A equipe policial recebeu denúncia que Miguel estava desaparecido desde a última quarta-feira (28), após deixar a comunidade Vista Alegre, em Borba (a 151 quilômetros da capital), com outros três membros da família na companhia de uma mulher e dois homens.

Miguel foi conduzido para a 73ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), onde prestou esclarecimentos. Ele afirmou que estava seguindo para Manaus por vontade própria e sentia vergonha após a enteada de 13 anos ficar grávida.

Em depoimento, Miguel argumentou que estava tudo bem e não sofria ameaças de ninguém. Ele informou, ainda, que a enteada com dois meses de gestão forneceu material genético para reconhecimento de paternidade.

Segundo Miguel, o resultado de exame de DNA negou que o secretário Municipal de Saúde de Borba seja o pai biológico. A família do indígena não acredita na versão e suspeita que o exame foi forjado. O caso foi denunciado no dia 23 de julho deste ano, pela própria mãe da menina no Conselho Tutelar do município.

Após o interrogatório, Miguel foi liberado pela polícia. Ele seguiu viagem em voo particular para a capital amazonense acompanhado de dois homens. A Polícia Civil, por meio da 74ª DIP de Borba, continua investigando a denúncia.

Comentários