×

Política

“Esse povo fudido”, diz candidata a vereadora de Manaus ao não se eleger

Dedeia, se define como “empreendedora, mãe e cristã” em suas redes sociais, se mostra arrogante e com vocabulário “rico” em palavrões

Cartaz da pré-candidatura Dedeia Medeiros a vereadora de Manaus (Foto: Divulgação/Internet)

Manaus – Dedeia Medeiros que disputou a eleição a vereadora de Manaus no último domingo (15) pelo Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), desabafou com amigos em rede social e chamou seus eleitores de “povo fudido”, após não conseguir uma vaga na Câmara Municipal.

Em áudios que circulam em uma rede social Dedeia Medeiros, que disputou o último pleito a Câmara Municipal de Manaus pelo PRTB, se mostra irritada após o resultado das urnas, onde obteve…. votos. Ela xinga os eleitores dizendo que “ajudou os fudidos” e que não precisa ganhar dinheiro em “cima do povo fudido”.

Dedeia, se define como “empreendedora, mãe e cristã” em suas redes sociais, se mostra arrogante e com vocabulário “rico” em palavrões ao afirmar que não precisa de política por que o marido tem dinheiro. “Quem perdeu foram esses burros”, comenta ela, “a minha agenda de saúde estava até ‘o tucupi’… cancela, não vai fazer mais porra nenhuma”, completa Dedeia referindo-se a cirurgias marcadas por ela a seus eleitores a que, segundo Dedeia, começariam a ser realizadas nesta semana.

Para ser eleita, Dedeia Medeiros usou o discurso “Poderei fazer por você e sua comunidade” (Foto: Reprodução)

Nos bastidores, o que se comenta é que Dedeia é uma pessoa extremamente arrogante, não aceitou alguns apoios políticos e já cantava vitória antes mesmo do resultado das urnas.

Dedeia se refere a si mesma como “patrícia” (em alusão ao termo popular ‘Patricinha’) e nos áudios diz que vai viajar e mostrar nas redes sociais os restaurantes que vai frequentar. “Vou fazer compras, que eu ‘tô’ cansada das minhas roupas, vou comprar meu carro… e vou viajar, vou mostrar os restaurantes que vou, tá? Então fica me curtindo, me curte, porra”.

O Portal Diário Manauara de forma democrática deixa o espaço aberto para que a ex-candidata possa ter seu direito de resposta assegurado.

 

Ouça os áudios:

 

Publicidade

Comentários