×

Publicidade

Polícia

Preso do semiaberto morre com tiros na cabeça após ter casa invadida

Segundo a polícia, Rodrigo havia deixado recentemente o sistema prisional e respondia ao processo usando tornozeleira eletrônica pelo crime de assalto.

Rodrigo foi atingido com dois tiros na cabeça e não resistiu aos ferimentos (Foto: Diário Manauara)

Manaus/AM – O detento do semiaberto Rodrigo Marques de Freitas, 23, que estava sendo monitorado por tornozeleira eletrônica, morreu após ser alvejado com dois tiros na cabeça, no início da madrugada deste sábado (9). A vítima ainda chegou com vida ao Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Dr. Platão Araújo, na Zona Lestes de Manaus.

Delegado Guilherme Antoniazzi, da DEHS, ouviu os familiares do detento morto (Foto: Diário Manauara)

De acordo com o delegado Guilherme Antoniazzi, plantonista da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), dois homens chegaram até o imóvel da vítima, na Rua Santos, no bairro Cidade de Deus, na Zona Norte. Um deles arrombou a porta e efetuou dois tiros à queima-roupa na cabeça da vítima.

“A esposa da vítima disse que não viu quem atirou. Mas ela confirmou que o companheiro havia saído de uma unidade prisional recente onde estava preso há seis meses pelo crime de assalto. Até o momento não temos pistas dos assassinos e nem o motivo do assassinato”, disse o delegado Guilherme Antoniazzi.

A auxiliar de cozinha, Sônia Ribeiro, 41, disse ao Diário Manauara, que um homem bateu na porta chamando pelo marido. Na ocasião, Rodrigo pediu a ela que ficasse no quarto. Ao atender, Rodrigo foi surpreendido com a porta sendo arrombada.

“Eu fiquei no quarto a pedido do meu marido e logo a casa foi invadida pelo homem desconhecido. Em seguida, ouvi tiros e meu marido correndo para dentro do quarto pedindo ajuda. Não deu para ver quem atirou”, disse a mulher da vítima, ainda assustada com a morte do companheiro.

O pistoleiro fugiu do local com ajuda de um comparsa, que aguardava do lado de fora, em uma motocicleta, de características não reconhecidas. Rodrigo foi socorrido pelo próprio irmão e um vizinho em um carro particular, mas não resistiu aos ferimentos por volta de meia-noite.

O crime será investigado pela equipe da DEHS (Foto: Diário Manauara)

A polícia informou que Rodrigo deixou o sistema prisional na quarta-feira (6), usando tornozeleira eletrônica. Ele aguardava fazer a manutenção do equipamento de monitoramento na Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), marcado para o dia 21 de novembro deste ano.

Funcionários do IML fizeram a remoção do corpo (Foto: Diário Manauara)

O corpo da vítima foi removido ao Instituto Médico Legal (IML). A DEHS vai investigar o assassinato com características de possível acerto de contas.

Publicidade

Comentários