×

Publicidade

Polícia

Após ser sequestrada, adolescente é morta a tiros em ramal de Manaus

Polícia ainda não sabe quantas pessoas estão envolvidas no assassinato, mas um inquérito já foi aberto pela DEHS

Alice Serrão Rodrigues, 17, foi morta com dois tiros (Foto: Reprodução/Instagram/Divulgação)

Manaus (AM) – Alice Serrão Rodrigues, 17, foi assassinada a tiros na noite dessa quinta-feira (16), no ramal do Brasileiro, bairro Jorge Teixeira, Zona Leste da capital amazonense. O ex-namorado da vítima, um traficante de drogas, é suspeito de cometer o crime.

 Aos investigadores da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), a irmã contou que Alice estava conversando com uma amiga na rua São Paulo, no bairro Jorge Teixeira 4, na mesma zona, quando foi sequestrada por homens em um carro, de características não reconhecidas.
 
Horas depois, os familiares receberam a informação de que Alice havia sido assassinada e o corpo deixado em um trecho do ramal do Brasileirinho. Policiais militares da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), então, foram acionados e encontraram a adolescente já sem vida.
 
No local, a polícia obteve informações que Alice estava conversando com uma amiga na rua São Paulo, no bairro Jorge Teixeira 4, também na Zona Leste, quando um carro parou e ocupantes colocaram a jovem à força dentro do veículo, de características desconhecidas. A jovem era moradora do bairro.
 
Conforme a irmã, Alice já tinha sido vítima de sequestro na sexta-feira (10), na avenida Itaúba, no bairro Jorge Teixeira, sendo libertada no domingo (12). Informações preliminares são que a jovem tinha uma relação com o traficante identificado como “Andrew”, com quem teve um filho, atualmente com sete meses.
 
Alice teria terminado o relacionamento com Andrew após descobrir uma traição. Chateada com a infidelidade, adolescente passou a cobrar dinheiro para o filho, o que foi negado pelo pai. Por conta disso, a jovem prometeu entregá-lo para ser morto por membros da facção criminosa Cartel do Norte (CDN).
 
Ao saber da situação, Andrew, que é integrante do Comando Vermelho (CV), passou ameaçar Alice de morte. Diante dos relatos, Andrew é o principal suspeito do crime. Alice foi morta com dois tiros, sendo um nas costelas e outro na perna.
 
O corpo da jovem foi removido por uma equipe do Instituto Médico Legal (IML), na Zona Norte. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) vai investigar o assassinato.

Comentários

error: O conteúdo está protegido !!