×

Publicidade

Amazônia

Polícia Civil do Amazonas vai ajudar Roraima a implantar grupo de combate ao crime organizado​

A primeira reunião sobre o tema aconteceu no gabinete do delegado-geral (Foto: Erlon Rodrigues)

Combate às organizações criminosas e a utilização do Laboratório de DNA do Instituto de Criminalística do Amazonas são os principais pontos de uma proposta de parceria entre a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) e a Polícia Civil do Estado de Roraima. As conversas iniciais sobre a proposta foram feitas pelo vice-governador e secretário de Segurança, Bosco Saraiva, e a delegada-geral da Polícia Civil de Roraima, Edinéia Santos Chagas.

Segundo o delegado-geral da Polícia Civil do Amazonas, Mariolino Brito, na parceria, o Estado vai ajudar na criação de um grupo de combate às organizações criminosas em Roraima e oferecerá suporte com o uso do laboratório de DNA do Instituto de Criminalística (IC), vinculado à SSP-AM.

A primeira reunião sobre o tema aconteceu no gabinete do delegado-geral, nas dependências do prédio da Delegacia Geral, localizado no bairro Dom Pedro, zona centro-oeste da capital. Além de Mariolino Brito, o titular do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), delegado Guilherme Torres, está envolvido nas tratativas.

Graco 

Chagas ressaltou que a troca de experiência e de conhecimentos do trabalho desenvolvido pelo DRCO será fundamental na implantação do Grupo de Repressão a Ações Criminosas (Graco) no estado de Roraima. “Estamos implementando o Graco para combater o crime organizado.”, declarou a delegada-geral da PCRR.

Bosco Saraiva ressalta a importância do intercâmbio de conhecimento técnico entre as unidades da instituição, buscando sempre a otimização do serviço que é oferecido à população. “Essas parcerias são fundamentais para confirmar o comprometimento que a Polícia Civil, tanto do Amazonas quanto a de Roraima, tem com a população dos seus respectivos estados”, pontuou.

Com informações da assessoria

Publicidade

Comentários