×

Publicidade

Saúde

Trabalhadores do setor funerário são imunizados contra a Covid-19

O atendimento a esse grupo está sendo feito no modelo de listas oficiais, já adotado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa)

Vacinação contra a Covid-19 (Foto: Dhyeizo Lemos/Semcom)

Manaus (AM) – Agentes funerários, auxiliares de agentes funerários e agentes de inumação (coveiros) que atuam na capital começaram a ser vacinados pela Prefeitura de Manaus na manhã desta quarta-feira (24). Esses profissionais estão na ponta da cadeia sanitária e integram o grupo de trabalhadores da saúde descritos como funcionários do sistema funerário em contato com cadáveres potencialmente contaminados, conforme o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19. O prefeito de Manaus, David Almeida, acompanhou o início da imunização no Centro de Convenções (Sambódromo).

Publicidade

“Esses agentes são heróis que atuam como linha de frente na remoção de corpos em hospitais e residências, na preparação e no sepultamento dos muitos que têm sido vitimados pela Covid-19 e são expostos diariamente ao risco de contaminação, por isso a vacinação deles traz mais tranquilidade e segurança”, destacou o prefeito.

O atendimento a esse grupo está sendo feito no modelo de listas oficiais, já adotado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) para a vacinação das demais categorias de trabalhadores da saúde.

“Os serviços funerários do setor público e privado elaboraram as listas de funcionários que atuam em contato direto com os corpos e, para evitar qualquer atendimento indevido, a vacinação só está autorizada se o nome do usuário estiver na lista e com a apresentação dos documentos pessoais obrigatórios”, explica a secretária municipal de Saúde interina, Aline Rosa Martins.

De acordo com a secretária, a expectativa é de vacinar em dois dias os aproximadamente 185 funcionários que atendem aos critérios para a vacinação na fase atual da campanha. No grupo estão os que trabalham em funerárias, cemitérios privados e serviços públicos, incluindo os da Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp), responsável pela administração dos cemitérios municipais.

O atendimento está concentrado no Centro de Convenções (Sambódromo), na zona Oeste, e no Centro Cultural Povos da Amazônia, na zona Sul, onde os pontos de vacinação da Semsa funcionam das 9h às 16h.

“É um grupo pequeno de trabalhadores e a maioria está indo aos postos de vacinação com apoio logístico da própria Semulsp e das funerárias, então estimamos que apenas no primeiro dia, a maioria já tenha recebido a primeira dose da vacina”, avalia Aline Martins.

Além de constar no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, os funcionários do sistema funerário em contato com cadáveres potencialmente contaminados também estão incluídos nas 11 categorias prioritárias para a vacinação, descritas em resolução da Comissão Intgestores Bipartite (CIB), que reúne representantes da Saúde do estado e dos municípios.

Metas

Manaus se aproxima da meta de vacinar 90% dos trabalhadores de saúde, o que corresponde a 56.985 pessoas. O vacinômetro municipal, plataforma de consulta pública aos dados de vacinação da Prefeitura de Manaus, mostra que 55,9 mil trabalhadores já receberam a primeira dose de vacina.

Os trabalhadores da Saúde também começaram a ser vacinados com a segunda dose, uma vez que receberam o imunizante CoronaVac, cujo intervalo entre as duas doses é de até 28 dias. Mais de nove mil pessoas desse grupo já completaram o ciclo de imunização com as duas doses e outras 40 mil devem receber a segunda até o dia 28 de março, conforme o prazo definido pelo fabricante.

*Com informações da assessoria

Comentários

error: Content is protected !!