×

Saúde

Mais de 200 crianças foram vacinadas contra a Covid-19 em Manaus

No primeiro dia de vacinação do público infantil, 232 crianças com comorbidades receberam a primeira dose do imunizante.

Vacinação contra Covid-19 (Foto: Altemar Alcantara/ Semcom)

Manaus (AM)  No primeiro dia de vacinação do público infantil, 232 crianças com comorbidades ou deficiência permanente (PcD) receberam a primeira dose do imunizante contra a Covid-19, na capital amazonense. A nova fase da campanha municipal, que contempla crianças de 5 a 11 anos, de modo escalonado, foi aberta pela Prefeitura de Manaus na manhã desta segunda-feira (17).

Publicidade

Do total de atendimentos registrados até o fim do dia no Sistema Municipal de Vacinação (SMV), 64 crianças foram vacinadas no Parque Cidade da Criança, na zona Sul; 60 no Clube do Trabalhador do Sesi, na zona Leste; 53 no Centro de Convivência Magdalena Arce Daou, na zona Oeste; e 55 no shopping Manaus Via Norte, na zona Norte de Manaus.

Os quatro pontos foram especialmente montados pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) para o atendimento do público infantil, e seguirão atendendo de segunda a sábado. Todos funcionam das 9h às 16h, à exceção do Via Norte, que abre apenas às 10h.

(Foto: Altemar Alcantara/ Semcom)

A titular da Semsa, Shádia Fraxe, avalia que as fortes chuvas registradas na capital ao longo do dia, tiveram impacto no acesso das crianças aos locais de atendimento, mas comemora o avanço da campanha na capital.

“Estamos em uma nova fase, que é a de proteger os nossos pequenos. Peço que os pais confiem na vacina e que levem as crianças aos pontos de vacinação, observando sempre a documentação necessária e a ordem de atendimento divulgada pela Semsa”.

Grupos

Por enquanto, estão sendo atendidas as crianças de 5 a 11 anos com comorbidades elencadas pelo Ministério da Saúde e as que têm deficiência permanente (PcD). Os grupos seguintes, ainda sem data para o início, são: o de indígenas e quilombolas; o das crianças que vivem em instituições de longa permanência (abrigos e orfanatos); e o da população geral na faixa etária recomendada, que serão atendidas em ordem decrescente de idade.

A meta da prefeitura é vacinar 90% da população estimada em 260.721 crianças nessa faixa etária, residentes em Manaus.

A vacina pediátrica para a Covid-19 utilizada na campanha das crianças é a produzida pela Pfizer, única autorizada no país, até o momento, para o público de 5 a 11 anos. A vacina será aplicada em duas doses, com intervalo de oito semanas entre as doses, conforme recomendação do Ministério da Saúde.

Documentos

Para receber a vacina, a criança não pode ter recebido nenhuma outra vacina do calendário infantil nos 15 dias anteriores e não deve apresentar nenhuma doença na fase aguda.

As crianças devem ser levadas aos pontos de vacinação por um dos pais ou outro responsável maior de 18 anos, com documento de identidade, sendo necessário apresentar três documentos do menor de idade: certidão de nascimento ou documento de identificação original com foto; cartão nacional do SUS ou CPF, e a caderneta de vacinação.

Para as crianças com comorbidades, além dos documentos pessoais, é necessário apresentar laudo médico que comprove condições consideradas pelo MS como prioridade para a vacinação. A lista pode ser conferida no site da Semsa (semsa.manaus.am.gov.br) ou diretamente pelo link bit.ly/vacinacovid-criancas . Para os que têm deficiência, não há exigência de comprovação desta condição.

Os quatro locais de vacinação estão preparados com ambientes lúdicos, exclusivos para o público infantil, para as etapas de acolhimento e registro, vacinação e espera. É necessário que, após vacinada, a criança permaneça no local por 20 minutos, em atendimento aos protocolos de segurança estabelecidos pela Anvisa.

*Com informações da assessoria

Comentários