×

Publicidade

Polícia

‘Pinguelo de Fogo’, esposa de ‘Ney Pitbull’ é morta em Rio Preto da Eva

Segundo informações da polícia, Elizângela Freitas dos Santos, 33, estava em um sítio da família no ramal Baixo Rio, na AM-010

Elizângela Freitas dos Santos, 33, foi executado com vários em um sítio na AM-010 (Foto: Divulgação)

Manaus (AM) – Elizângela Freitas dos Santos, 33, conhecida como “Pinguelo de Fogo”, mulher do traficante Franciney Amorim dos Santos, 47, o “Ney Pitbull”, um dos ex-chefes do tráfico de drogas da facção criminosa Comando Vermelho (CV), foi executada a tiros na madrugada deste domingo (26). O crime ocorreu por volta das 2h, no quilômetro 79 da AM-010, em Rio Preto da Eva (a 57 quilômetros de Manaus).

Publicidade

Segundo informações da polícia, Elizângela estava em um sítio da família no ramal Baixo Rio, na Zona Rural. Em determinado momento, homens armados e encapuzados invadiram a propriedade, renderam os familiares dela e depois a executaram no quarto com vários tiros à queima-roupa. Os assassinos fugiram sem serem identificados.

Conforme a polícia, Elizângela já havia sido presa 11 vezes pelo crime de furto em casas na capital, sendo a última prisão no ano de 2016. Após ganhar liberdade concedida judicialmente, Elizângela mantinha os negócios do tráfico para o esposo, que está preso numa unidade prisional no quilômetro 8 da BR-174.

Para despistar a polícia, Elizângela usava identidade falsa. No local do crime, foi encontrada uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em posse da vítima, que estava em nome de outra mulher, emitida no dia 22 de outubro de 2020. 

O corpo de Elizângela deu entrada por volta das 8h06 no Instituto Médico Legal (IML), na Zona Norte da capital. O assassinato será investigado pela 36ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Rio Preto da Eva, que trata como motivação uma “guerra” entre traficantes pelo controle do tráfico de drogas. 

Conforme apurou o Diário Manauara, “Pinguelo de Fogo”, “Ney Pitbull” e “Pai”, deixaram o CV para integrar o Primeiro Comando da Capital (PCC), facção criminosa de origem paulista com ramificação no Amazonas. Por conta dessa mudança, as “mortes” foram encomendas no conselho da organização criminosa de origem carioca.

Ataque

Este foi o segundo baque para o traficante “Ney Pitbull” em menos de duas horas. Ainda na madrugada deste domingo (26), o pistoleiro dele, Jefferson da Silva Moldes, 31, vulgo “Pai”, foi trucidado com 32 tiros após ter a casa invadida.

O rosto de Jefferson ficou desfigurado por conta dos tiros. O ataque aconteceu por volta das 3h40, na rua Canaã, na comunidade Paraíso Verde, no bairro Santa Etelvina, na Zona Norte da capital amazonense. 

Comentários

error: O conteúdo está protegido !!