×

Publicidade

Polícia

Mulher morre após ser estrangulada em Manaus; marido é detido

Viviane Araújo de Sena, 35, ainda chegou a ser levada para a base do Samu, na Bola da Suframa, na Zona Sul de Manaus

A vítima morreu ao chegar na base do Samu (Foto: Divulgação)

Manaus (AM) – A industriária Viviane Araújo de Sena, 35, morreu na noite desta quinta-feira (18), em uma base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), localizado na rotatória da Bola da Suframa, na avenida Costa e Silva, no bairro Crespo, na Zona Sul de Manaus.

Publicidade

Segundo informações da 7ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), Francisco Antônio Lima da Silva, 29, a cunhada e o concunhado, prestaram socorro e encaminharam Viviane em um carro particular até a estrutura operacional.

Viviane Araújo de Sena, 34, morreu estrangulada (Foto: Divulgação)

Na unidade, a médica constatou hematomas na cabeça e pescoço da vítima. Por conta dos traumas, com indicativos de agressão física, a polícia foi acionada. Francisco Antônio, por sua vez, apresentava arranhões no rosto, levando a suspeita de briga entre o casal.

Após os procedimentos, o corpo de Viviane foi removido para o Instituto Médico Legal (IML). Por suspeita de cometer o  crime, Francisco Antônio foi detido e conduzido para o 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), central de flagrantes na Zona Sul da capital, onde prestou depoimento. 

Francisco Antônio sustentou que a esposa estava se recuperando da Covid-19, quando começou a se debater com falta de ar. Ao tentar ajudá-la,  ele foi arranhado no rosto e, em seguida, gritou pedindo ajuda. 

Antes de ser socorrida, Viviane chegou se machucar ao cair. Apesar dos argumentos, o laudo do exame de necropsia apontou como causa morte asfixia por esganadura.

Antônio Francisco foi autuado pelo crime de feminicídio (Foto: Divulgação)

Diante da confirmação médica no IML, Antônio Francisco foi apresentado na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) para os procedimentos cabíveis. 

Ouça o áudio da delegada Marília Campello:

Ao término do flagrante pelo crime de feminicídio, Antônio Francisco será encaminhado para audiência de custódia na Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça.

Comentários

error: Content is protected !!