×

Publicidade

Polícia

‘Justiceiro’ persegue e mata suspeito de assalto com tiro na cabeça

O comparsa acabou fugindo em um motocicleta, deixando o parceiro que invadiu uma casa para se esconder, mas foi impedidos por cachorros

Gabriel morreu com um tiro na cabeça (Foto: Divulgação)

Manaus (AM) – Com um tiro na cabeça, Gabriel Repolho Lima, 19, foi morto na tarde desta segunda-feira (22), na rua 89, no conjunto Francisca Mendes, no bairro Cidade Nova, na Zona Norte de Manaus. O mesmo estava cometendo assaltos.

Publicidade

Segundo informações da 6ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), que atendeu a ocorrência, populares relataram que o jovem estava cometendo assaltos com um comparsa em uma motocicleta, que foi roubada horas antes no conjunto Vila Real.

Durante a ação criminosa, a dupla tentou assaltar uma idosa, mas os populares perceberam que a arma de fogo era falsa e saíram em perseguição. O comparsa acabou fugindo, deixando o parceiro que invadiu uma casa para se esconder, porém, foi impedido por cachorros.

Ao sair do imóvel, Gabriel foi surpreendido com um tiro na cabeça efetuado por um “justiceiro”, que fugiu sem ser identificado. No local, a polícia encontrou próximo ao corpo um simulacro de pistola (falsa), além de estojos deflagrados de pistola calibre 380 milímetros.

Após o trabalho da perícia criminal, do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC), o corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML). O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Comentários

error: Content is protected !!