×

Publicidade

Polícia

‘Justiceiro’ mata a tiros assassino de estagiário do Inpa, em Manaus

Mateus foi surpreendido com tiros na cabeça por um homem desconhecido que está sendo chamado de “Justiceiro”. O comparsa fugiu em seguida em uma moto.

Mateus foi morto a tiros durante uma tentativa de assalto em um mercadinho (Foto: Divulgação)

Manaus – Mateus Mutimo Moraes, 22, morreu após ser atingido com tiros na cabeça, na noite de sexta-feira (23), no bairro Japiim, na Zona Sul de Manaus. A vítima e um comparsa, ainda não identificado, tentaram assaltar um mercadinho.

Segundo informações da polícia, Mateus e o comparsa estavam em uma motocicleta, quando decidiram assaltar o Mercadinho Boa Vista, na Avenida General Rodrigo Otávio.

O suspeito ainda foi levado com vida para o PS Dr. João Lúcio (Foto: Divulgação)

No local, Mateus foi surpreendido com tiros na cabeça por um homem desconhecido. Ao ver Mateus baleado, o comparsa fugiu do “Justiceiro” sem levar nada do estabelecimento comercial.

Mateus ainda foi socorrido com vida ao Pronto-Socorro (PS) Dr. João Lúcio, na Zona Leste da capital. Ele não resistiu aos quatro ferimentos na cabeça. O corpo foi removido ao Instituto Médico Legal (IML).

Suspeito

Joabson Franco da Costa, 34, que estagiário do Inpa, foi morto no dia no dia 31 de julho do ano passado (Foto: Acervo pessoal)

Mateus tinha várias passagens pela polícia e uma delas pela autoria de latrocínio (roubo seguido de morte) do pesquisador Joabson Franco da Costa, 34, ocorrido no dia 31 de julho do ano passado. A vítima foi morta com dois tiros no tórax durante assalto em um ponto de ônibus na Avenida André Araújo, no bairro Petrópolis, na Zona Sul.

Joabson, que era estagiário do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), ainda foi socorrido com vida e levado ao Pronto-Socorro (PS) Dr. João Lúcio, na Zona Leste da capital.

Publicidade

Comentários