×

Publicidade

Polícia

Jovem é morto com um tiro no Mutirão e família ameaça imprensa

Segundo testemunhas, o crime ocorreu por volta das 20h40, após a vítima se envolver em uma discussão durante consumo de drogas.

Derickson foi morto com um tiro nas costas (Foto: Divulgação)

Manaus – Derickson Ferreira da Silva, de 21 anos, foi morto a tiros, na noite desta sexta-feira (3), após ser perseguido por dois homens. O crime ocorreu por volta das 20h40, na Feira da Braguinha, na rua Itapuí (antiga rua 13), no conjunto Amazonino Mendes, também conhecido como “Mutirão”, bairro Novo Aleixo, na Zona Norte de Manaus.

Testemunhas relataram à polícia que momentos antes do crime, Derickson consumia entorpecentes com um grupo de supostos “amigos”. Em determinado momento, houve desentendimento e o grupo armou uma “casinha” para Derickson.

Ao perceber a emboscada, Derickson tentou fugir, mas foi alcançado e baleado pelos criminosos. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e constatou a morte do jovem com um tiro nas costas.

Horas depois, os familiares da vítima compareceram ao local e começaram a hostilizar os profissionais da imprensa. Um dos parentes, monitorado por tornozeleira eletrônica, chegou a ameaçar uma equipe de reportagem com palavras de baixo calão.

A ocorrência foi atendida inicialmente por policiais militares da 27ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). Ninguém foi preso.

Após os procedimentos da perícia criminal, do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC), o corpo foi removido ao Instituto Médico Legal (IML). O assassinato com características de acertos de contas será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Publicidade

Comentários