×

Polícia

Jovem é morta com mais de 30 facadas em Manaus; amigo é suspeito

A design Emilaine de Souza Souza, 19, foi encontrada morta dentro de uma quitinete, onde morava sozinha, pela irmã que estranhou o desaparecimento

 

Emilaine de Souza Souza, 19, foi morta com, pelo menos, 35 facadas (Foto: Divulgação)

Manaus – A design Emilaine de Souza Souza, 19, foi encontrada morta com várias perfurações de arma branca, na noite desta terça-feira (29), por volta das 18h, em uma quitinete da Vila Barreirinha, na Rua Desembargador Gaspar Guimarães (antiga Barreirinha), no bairro da União, na Zona Centro-Sul de Manaus. O amigo da vítima é o principal suspeito do crime.

Segundo informações da polícia, Emilaine morava com uma irmã que passava o dia fora trabalhando e um amigo técnico de enfermagem André Felipe. Chegando ao local, a irmã da vítima, que não teve o nome revelado, deparou-se com a chave do lado de fora. Ao entrar no quarto, ela encontrou Emilaine caída próxima à cama de bruços sob uma poça de sangue.

A jovem morava sozinha é uma quitinete (Foto: Reprodução)

Conforme informações do perito Bráulio Pedrosa, do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC), a vítima foi atingida com, pelo menos, 35 facadas, sendo costas, mãos, pescoço e tórax. Na cena do crime, também foi possível identificar indícios de luta corporal. A faca usada no crime não foi localizada.

À polícia, vizinhos relataram que ouviram gritos, por volta das 15h, mas ignoraram pelo fato de tratarem brincadeira de crianças. Em horário ainda ignorado, testemunhas relataram que “André Felipe”, amigo da vítima, foi visto saindo do local carregando uma mochila.

Conforme informações da polícia, “André Felipe” já tinha se declarado para jovem, mas foi rejeitado. O mesmo decidiu ir embora e enviou para o celular de Emilaine uma localização de um município do estado, o que não foi comprovado. 

Imagens de câmeras de segurança fixadas nas edificações do local foram solicitadas para análises da conclusão do inquérito. O corpo foi removido para o instituto Médico Legal (IML) e o caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). A especializada trata o crime com duas linhas de investigação. 

Informações que levem ao paradeiro do mandante e do autor podem ser feita pelo número (92) 3636-2874, da DEHS. O nome do informante será mantido em sigilo.

Leia mais: Mulher morre com tiro no tórax após atentado na Zona Sul de Manaus

Publicidade

Comentários