×

Publicidade

Polícia

Homem picha poste com sigla do CV e é executado com mais de 12 tiros

Segundo relatos de testemunhas, a vítima foi surpreendida por quatro homens que estavam em um carro e fugiram sem serem identificados

Maik foi abordado por quatro homens e morto com 12 tiros (Foto: Diário Manauara)

Manaus – O autônomo Maik William Maciel Zaire, de 26 anos, foi executado com 12 tiros na noite de segunda-feira (10), após pichar poste de iluminação pública com sigla CV, do Comando Vermelho. O crime ocorreu por volta das 19h na Rua Maranhão Sobrinho, comunidade Vila Alfredo Nascimento, no bairro Aleixo, na Zona Centro-Sul de Manaus.

Testemunhas relatam que Maik foi abordado por quatro homens, apontados como membros da facção criminosa Família do Norte (FDN), que estavam fortemente armados. Na ocasião, os criminosos mandaram Maik correr e, em seguida, vários tiros foram efetuados. O grupo fugiu em um carro Fiat/Uno, de cor branca, de placa não reconhecida.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado por moradores e constatou a morte. A vítima foi atingida com tiros nas costas, na cabeça, no braço e na perna. Horas depois do fato, pouco a pouco familiares da vítima foram chegando ao local e preferiram não comentar sobre o crime com a imprensa.

O cenário do crime foi isolado por policiais militares da 16ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). No local, uma lata de splay de tinta supostamente usada pela vítima para escrever a sigla de facção criminosa foi encontrada embaixo de um carro.  

Após a perícia, o corpo foi removido ao Instituto Médico Legal (IML). A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) vai investigar o assassinato com auxílio de câmeras de segurança do local.

Publicidade

Comentários