×

Publicidade

Polícia

Homem é preso e condenando a 12 anos de prisão por homicídio

Na 36ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), constatou-se ainda que Amarildo Pereira dos Santos respondia outros três processos criminais.

Delegado Henrique Brasil (Foto: Alailson Santos/PC-AM)


Rio Preto da Eva (AM) – A equipe de investigação da 36ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Rio Preto da Eva (a 57 quilômetros de Manaus) cumpriu, na manhã desta sexta-feira (30), o mandado de prisão em nome de Amarildo Pereira dos Santos, 48, pelo crime de homicídio qualificado que teve como vítima David Campos da Silva. O crime ocorreu no dia 15 de julho de 2015, naquele município.

Publicidade

De acordo com o delegado Henrique Brasil, titular da unidade policial, a prisão ocorreu em um sítio localizado no ramal do Baixo Rio, rodovia estadual AM-010, em Rio Preto da Eva. Segundo ele, as equipes receberam denúncias anônimas informando que o homem estava escondido no local.

“Após diligências no local, realizamos a abordagem em um veículo que Amarildo estava e foi conduzido à delegacia. Constatamos que ele estava foragido desde o dia 10 de setembro de 2020, quando a ordem judicial por homicídio foi expedida pelo juiz Gonçalo Brandão de Souza da 3ª Vara do Tribunal do Júri de Manaus. Ele foi condenado a 12 anos de prisão”, explicou o delegado.

A autoridade policial relatou que o crime que resultou na morte de David foi motivado por motivo torpe, referente a negociação de um veículo automotor. Na delegacia, foi constatado ainda que o indivíduo já respondia a, pelo menos, três processos criminais, sendo um por porte ilegal de arma de fogo e dois por homicídio qualificado.

Amarildo foi condenado a 12 anos de prisão e será encaminhado à Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça.

*Com informações da assessoria

Comentários

error: Content is protected !!