×

Publicidade

Polícia

Homem é morto com 4 tiros enquanto assistia a uma partida de futebol

O homem assassinado é suspeito de participação em homicídio e tentativa de homicídio, no Lírio do Vale em março deste ano

Olivando foi executado com quatro tiros por atirador em moto (Foto: Divulgação)

 

Manaus/AM – Olivando da Silva Ramos Júnior, 29, conhecido como “Juninho”, morreu, na noite deste sábado (13), após ser alvejado a tiros, enquanto assistia a uma partida de futebol, na Rua Campo do Castanhal, no bairro Nova Esperança, na Zona Oeste de Manaus. Segundo a polícia, o crime teria sido motivado por vingança.

De acordo com informações da 19ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o crime ocorreu por volta das 18h. “Juninho” assistia a uma partida de futebol no Campo do Castanhal, quando foi surpreendido por um homem que desceu de uma motocicleta, de características desconhecidas.

“Juninho” foi alvejado com vários tiros e morreu no local. O assassino fugiu sem ser identificado pelas testemunhas que presenciaram a execução. Conforme informações da perícia criminal do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC), a vítima morreu com três tiros nas costas e um na cabeça.

O corpo foi removido ao Instituto Médico Legal (IML), no bairro Cidade Nova, na Zona Norte. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) vai investigar o assassinato.

Vingança

Olivando se recuperava de uma cirurgia após ser baleado e agredido no dia 19 de março deste ano. “Juninho” é suspeito de envolvimento na morte de Ruan Gabriel da Costa, 19, ocorrido na Avenida Laguna, no bairro Lírio do Vale 1, na Zona Oeste da capital.

Na ocasião, “Juninho” e um comparsa, ainda não identificado, estavam em um carro modelo Fiat/Uno, de cor branca, e estacionaram em frente à oficina onde estava Ruan e mais dois irmãos. Em seguida, “Juninho” saiu do veículo e efetuou vários tiros contra o alvo identificado como Luan, irmão de Ruan.

Durante o atentado, Luan foi atingido com um tiro de raspão na cabeça. Já Ruan acabou sendo alvejado com três tiros na cabeça, vindo a morrer no Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Alvorada, no bairro Alvorada, na mesma zona da cidade.

Na fuga, “Juninho” foi agredido pelos populares até desmaiar, mas conseguiu fugir do local com ajuda do comparsa. Um vídeo chegou ser compartilhado nas redes sociais no momento das agressões. Ninguém foi preso.

Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Whatsapp do Diário Manauara, no número (92) 99253-5152.

Leia mais: 

Vendedor de churrascos morre após agonizar com tiro no pescoço

Corpo de mulher seminu é encontrado em ramal, no Puraquequara

Homem é morto a tiros em posto de combustíveis no Tarumã, em Manaus

 

 

Comentários