×

Polícia

Homem desaparecido é encontrado morto em área de mata no Tarumã, em Manaus

O corpo de Ramires foi encontrado em avançado estado de decomposição em área de mata (Foto: Ronaldo Siqueira)

 

Manaus/AM – O autônomo Ramires Grana da Silva, de 21 anos, que estava desaparecido, foi encontrado morto na tarde desta segunda-feira (7), em uma área de mata na estrada da Praia Dourada, bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus. O corpo da vítima já estava em avançado estado de decomposição e apresentava perfurações de arma branca.

Segundo informações da 20ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), foram os próprios familiares que acharam o corpo da vítima, após buscas intensas desde o sumiço de Ramires na quinta-feira (3). A vítima foi localizada por conta do forte odor vindo da área de mata. Uma faca foi achada próximo ao cadáver.

A esposa da vítima de 21 anos, que preferiu não ter o nome divulgado, disse que Ramires saiu de casa por volta das 16h, para ir a uma festa de aniversário de um amigo no bairro Redenção, Zona Centro-Oeste. Segundo ela, o esposo tinha problemas com vizinhos e era usuário de drogas, mas desconhece a motivação do assassinato.

“Após ficarmos sem notícias dele, resolvemos procurá-lo pelas ruas do bairro, nos hospitais, delegacias e até no Instituto Médico Legal. Durante as buscas, recebemos informações por onde o Ramires teria sido visto. No local indicado, percebemos que havia uma câmera de segurança em uma casa, na rua Campo Grande, bairro Redenção. Nas imagens, ele aparece por volta de 1h de sexta-feira (4) jogando pedra em um carro preto. Depois disso, ele caminha e some. Suspeitamos que ocupantes desse carro tenha sequestrado o meu esposo”, disse a mulher da vítima.

 

A esposa da vítima acompanhou os trabalhos da perícia criminal (Foto: Ronaldo Siqueira)

 

A perícia criminal do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC) confirmou dez perfurações de faca no tórax da vítima. A faca usada no crime foi entregue aos investigadores da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), que vai dar seguimentos na investigação do assassinato.

O corpo de Ramires foi removido para o Instituto Médico Legal (IML), no bairro Cidade Nova, Zona Norte da capital amazonense.

Publicidade

Comentários