×

Publicidade

Polícia

Em briga por ciúme, homem mata enteado no interior do Amazonas

Cézar Pereira Printes, de 43 anos, afirmou para a polícia que imaginou a esposa tendo um relacionamento amoroso com o próprio filho

Cézar confessou o crime por imaginar que mãe e filho tinham um caso amoroso (Foto: Divulgação/PC-AM)

Manaus/AM – Cézar Pereira Printes, de 43 anos, foi preso na noite de sábado (28), pelo assassinato do enteado Vasquez Ferreira Printes, de 41 anos, na comunidade do Perpétuo Socorro, no município de Careiro Castanho (a 88 quilômetros de Manaus). A vítima morreu minutos após dar um beijo na mãe durante a comemoração de seu aniversário.

Segundo informações da 34ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), Vasquez comemorava o aniversário na casa da família. Em determinado momento, ele resolveu agradecer pela vida ao beijar a mãe. “Foi nesta hora que eu nasci. Deixa eu te dar um beijo por você ter me colocado no mundo”.

Vasquez foi morto com uma facada no abdômen (Foto: Divulgação/PC-AM)

Na ocasião, o padrasto questionou a atitude do enteado se o beijo era com algum interesse. Vasquez respondeu que não. Logo depois da resposta, Cézar passou a agredir o enteado. Durante a luta corporal, Cézar pegou um remo e desferiu um golpe contra o rosto da Vasquez.

Ao perceber que o enteado continuava de pé, Cézar pegou uma faca na cozinha e desferiu um golpe na região do abdômen de Vasquez, que não resistiu ao ferimento e morreu no chão da residência.

Cézar fugiu para a área de mata levando a faca usada no assassinato. Ele foi localizado por volta das 23h pelos policiais civis e confessou a autoria do homicídio. Em depoimento na unidade policial, Cézar disse que chegou a imaginar cenas de relacionamento amoroso entre mãe e filho.

O corpo da vítima foi removido ao Instituto Médico Legal (IML), em Manaus. A faca usada no assassinato não foi encontrada pela polícia. Cézar segue preso na carceragem da 34ª DIP, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Publicidade

Comentários