×

Publicidade

Polícia

‘China’ é executado a tiros em festa clandestina na Zona Oeste de Manaus

Durante fuga, os suspeitos atropelaram um engenheiro elétrico e colidiram com outro veículo na avenida Santos Dumont.

Fabiano foi assassinado com três tiros no peito (Foto: Divulgação)

Manaus (AM) – O autônomo Fabiano Mendonça da Silva, 38, vulgo “China”, foi executado a tiros na madrugada deste sábado (5), após integrantes de uma facção criminosa invadir o Clube Bom de Bola, na rua Úrsula Monteiro (antiga rua F), na comunidade Parque Riachuelo, no bairro Tarumã, na Zona Oeste de Manaus. Durante o ataque, outras sete pessoas foram baleadas.

Publicidade

Segundo informações da polícia, Fabiano, principal alvo dos assassinos, já tinha duas passagens por porte ilegal de arma de fogo e uma pelo crime de tráfico de drogas. Ele participava de uma festa clandestina promovida por um suposto traficante. Fabiano foi atingido com três tiros no peito e morreu no local.

Além de Fabiano, três pessoas com ferimentos de tiros deram entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Campos Sales, no mesmo bairro. Outras quatro vítimas deixaram o local antes da polícia chegar.

Após o crime, policiais militares da 20ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) receberam informações que os suspeitos fugiram em um carro Gol, de cor branca e placa PHA-7E90. Com apoio de um carro Gol, de cor vermelha e placa PHC-0035, do transporte por aplicativo, a equipe policial saiu em perseguição aos infratores.

Paulo foi atropelado e morreu na hora (Foto: Divulgação)

Durante o acompanhamento, o veículo Gol com quatro suspeitos de assassinato, acabou atropelando um pedestre na avenida Santos Dumont, nas proximidades do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes. O engenheiro elétrico Paulo Iwao Taniguchi, 67, que fazia caminhada com trajes esportivos foi atingido na calçada e morreu na hora. 

Em seguida, o veículo dos suspeitos colidiu com o Gol vermelho. Um dos infratores conseguiu fugir, enquanto os comparsas ficaram gravemente feridos. Os dois homens foram levados para o Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Dr. Platão Araújo, na Zona Leste da capital. 

O corpo do engenheiro elétrico foi removido para o IML (Foto: Divulgação)

Já a mulher, suposta namorada do autor de homicídio, foi encaminhada ao Pronto-Socorro (PS) Dr. João Lúcio, também na Zona Leste, onde morreu por volta das 10h10. Os corpos de Fabiano e da mulher foram removidos para o Instituto Médico Legal (IML). Ewerton Silva de Jesus, 23, condutor do carro branco, foi medicado e apresentado na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). 

Comentários

error: Content is protected !!