×

Publicidade

Polícia

Chef de cozinha morre após ser baleado em frente de cervejaria

Vítima estava saindo do local de trabalho quando foi surpreendida a tiros por homens em carro, de características não identificadas.

Williams Rogério Simões da Silva, de 39 anos, morreu com quatro tiros (Foto: Reprodução)

Manaus – O chefe de cozinha, Williams Rogério Simões da Silva, de 39 anos, foi assassinado a tiros, na madrugada deste domingo (5), após sair de uma cervejaria. O crime ocorreu por volta das 2h30, na Avenida Grande Circular 2, no conjunto Amazonino Mendes, também conhecido como “Mutirão”, bairro Novo Aleixo, zona Norte de Manaus.

De acordo com levantamentos da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Williams Rogério foi baleado ao sair do Boteco do Dimel, onde trabalhava há mais de um mês, por ocupantes de um carro, de características desconhecidas.

Antes de fugirem sem serem identificados, os assassinos recolheram o celular da vítima. No local, os investigadores identificaram câmeras de vigilância nas proximidades e as imagens foram solicitadas para auxiliar na identificação dos autores.

Williams Rogério foi atingido com quatro tiros. Ele foi levado ao Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Dr. Platão Araújo, na Zona Leste, onde não resistiu aos ferimentos, por volta das 4h, do mesmo dia.

Conforme levantamentos da polícia, Williams Rogério esteve envolvido com o tráfico de drogas, mas havia deixado o crime ilícito para trabalhar. A vítima deixou um filho menor de idade.

O corpo foi removido ao Instituto Médico Legal (IML) e a equipe da DEHS irá investigar o assassinato.

Publicidade

Comentários