×

Publicidade

Polícia

Ataque a tiros deixa um morto e outro ferido na Zona Oeste de Manaus

Tiago de Souza Menezes, 19, e Michel de Oliveira Farias, 32, foram alvejados com tiros à queima-roupa, sendo a maioria na cabeça.

Inicialmente, as vítimas foram socorridas para o SPA Joventina Dias (Fotos: Reprodução)

Manaus (AM) – O bairro Compensa, na Zona Oeste de Manaus, registrou mais um ataque a tiros na manhã deste sábado (6). Dessa vez, o cenário de caos e medo aconteceu na rua das Flores, na segunda etapa do bairro. Tiago de Souza Menezes, 19, e Michel de Oliveira Farias, 32, foram baleados enquanto caminhavam juntos.

Publicidade

Segundo informações da 8ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), as vítimas foram surpreendidas por homens fortemente armados que ocupavam veículos Onix, de cor vermelha, com placa fina 871, e um Gol prata, de placa não visualizada.
Na ocasião, os suspeitos chegaram perguntado da dupla se tinha drogas para vender.

Ao se aproximarem para atender os supostos clientes, Tiago e Michel foram alvejados com tiros à queima-roupa, sendo a maioria na cabeça. Em seguida, os pistoleiros fugiram sem serem reconhecidos e avisaram que o serviço ainda não havia terminado.

As vítimas foram socorridas por familiares e encaminhadas ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Joventina Dias, na rua T6, na terceira etapa do bairro. Apesar dos esforços, Tiago não resistiu aos ferimentos. O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML).

Por conta do estado gravíssimo, Michel foi transferido para o Pronto-Socorro (PS) Dr. João Lúcio Pereira Machado, na Zona Leste. Conforme a polícia, Tiago tinha passagem por consumo pessoal de entorpecentes (B.O.: N° 17.E.0167.0001274), quanto Michel pelo crime de roubo (B.O.: (N° 17.E.0146.0002091).

Veja vídeos

Cenário de guerra

Este foi a segunda morte em menos de 12 horas e a quinta em três dias quando quatro homens foram mortos. Sem previsão para cessar os ataques em série, a população sente medo por conta da disputa pelo controle dos pontos de drogas entre membros de facções criminosas Comando Vermelho (CV) e Família do Norte (FDN), que está tentado retomar as bocas de fumo.

Luciano da Silva Barbosa, vulgo “L7” (Foto: Divulgação)

Segundo levantamentos da polícia, os ataques estariam sendo ordenados pelo traficante Luciano da Silva Barbosa, o “L7”, da FDN, então, fundada pelo pai, o narcotraficante José Roberto Fernandes Barbosa, o “Zé Roberto da Compensa”, um dos chefes da organização que está preso em uma unidade prisional federal.

Para controlar a situação no curto prazo, a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) mapeou os locais para realizar operação e prender os envolvidos nos ataques sangrentos. As mortes violentas estão sendo investigadas pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Comentários

error: Content is protected !!