×

Plus

Cinema de Angola pela primeira vez em cartaz no Netflix

Esta é a primeira produção do cinema angolano na plataforma de streaming, que tem como estrela a experiente atriz Neide Van-Dúnem, de 33 anos

Baseado em fatos reais, “Santana” é um filme de ação (Foto: Divulgação/Platina Line)

O filme “Santana”, produzido por Maradona Dias dos Santos e Chris Roland, estreou nos cinemas em 2015 e hoje, dia 28 de agosto, ganha visibilidade mundial ao ser incluído no catálogo do Netflix. O filme é a primeira produção de Angola a ser apresentada na plataforma de streaming.

A atriz Neide Van-Dúnem é a estrela principal do filme. Depois do sucesso na peça “Elas não precisam de homens?”, sua participação no filme confirma o seu talento e versatilidade na arte da representação. Formada em Artes Cênicas em Los Angeles (EUA), a jovem de 33 anos iniciou a carreira artística no teatro de Luanda, em 2003, com apenas 17 anos, e teve a sua estreia em televisão na mini-série “Sede de Viver”, um ano mais tarde. Atualmente ela também é CEO da Produtora Mentes Fabulosas, além de ser apresentadora de televisão. Recentemente, participou ainda do filme “A Dívida”.

Baseado em fatos reais, “Santana” é um filme de ação que conta a história de dois irmãos, um é general e o outro agente da divisão de narcóticos, que finalmente descobrem a identidade do traficante de drogas que assassinou os pais deles décadas antes.

A obra tem no elenco, dentre outros, os atores angolanos Paulo Americano, Raul Rosário, o nigeriano Hakeem Kae-Kazim e a sul-africana Jenna Upton. O filme está sendo divulgado internacionalmente pelo Platina Line com apoio da MF Press Global.

*Com informações da assessoria

Publicidade

Comentários