×

Publicidade

Esportes

Princesa vence segunda consecutiva ao derrotar o Rio Negro por 2 a 0 no Campeonato Amazonense

 Com a segunda vitória consecutiva na 4ª rodada da competição, o Princesa assegurou provisoriamente a vice-liderança com sete pontos - foto: Lucas Pereira


Com a segunda vitória consecutiva na 4ª rodada da competição, o Princesa assegurou provisoriamente a vice-liderança com sete pontos – foto: Lucas Pereira

O Princesa do Solimões venceu a equipe do Rio Negro por 2 a 0, na manhã de sábado (10), por volta das 11h, no estádio Roberto Simonsen (Sesi), na Zona Leste de Manaus. Com gols de Jefferson e Júnior Lacraia, o tubarão chegou aos sete pontos ganhos e a vice-liderança do Campeonato Amazonense.

Com a segunda vitória consecutiva na quarta rodada da competição, o Princesa assegurou provisoriamente a vice-liderança, já que o Fast, com seis pontos, ainda enfrenta a equipe do Nacional Borbense, às 15h30, em Borba (a 151 quilômetros de Manaus). A liderança é do Nacional, que folga nesta rodada, com nove pontos na tabela.

O jogo

No primeiro tempo, o Princesa do Solimões, que vinha de derrota em casa por 3 a 0 para o São Raimundo, no estádio Gilbertão, em Manacapuru (a 89 quilômetros de Manaus), voltou atuar como fez ao avançar para a segunda etapa do Campeonato Brasileiro da Série D deste ano. Mesmo sob um sol forte, a equipe pressionou e conseguiu neutralizar o time do Rio Negro, que vinha de goleada diante do Nacional Borbense por 5 a 1.

aos 34 minutos, o Jefferson recebeu o cruzamento de Guilherme e abriu o placar de cabeça - foto: Lucas Pereira

aos 34 minutos, Jefferson recebeu o cruzamento de Guilherme e abriu o placar de cabeça – foto: Lucas Pereira

Administrando as jogadas com paciência, aos 34 minutos, o Jefferson recebeu o cruzamento de Guilherme e abriu o placar de cabeça, para alegria da pequena torcida presente no estádio.

No segundo tempo, o técnico Aderbal Lana, do Galo, fez alterações no time, para que o volante Alan Baia tivesse mais liberdade de boas distribuições de bola ao ataque. Aos 20 minutos, Abuda, teve uma chance de gol, mas o chute forte saiu por cima do gol adversário.

Na jogada seguinte, os torcedores do Galo reclamaram de um pênalti, após a bola ter batido na mão do zagueiro Pastor, do Tubarão, mas o árbitro Luizinho de Souza, não considerou o lance como falta.

Aos 40 minutos, João Rodrigues cruzou na área e Júnior Lacraia, que retornava de contusão e tinha entrado no lugar de Edinho Canutama, aproveitou a chance e aumentou para 2 a 0 e deu números finais à partida.

No fim da partida, alguns torcedores do Galo reclamaram do horário da partida entre as equipes. Uma emissora de televisão local e o presidente da Federação Amazonense de Futebol (FAF), Dissica Tomaz Valério, eram alvos das hostilidades.

Rio Negro

Pablo; Caio Vinícius, Márcio Leandro, Ruan e Fabinho; Alan Carauaru, Alan Bahia, Fernandinho (Paulo César) e Ioran (Rian); Abuda e Washington (Djalma). Técnico: Aderbal Lana.

Princesa do Solimões

Labilá; João Rodrigo, Danilo, Deurick (Pastor) e Guilherme; Denis, Amaral, Adonias e André Lima (Michel Parintins); Jefferson e Edinho Canutama (Júnior Lacraia). Técnico: Zé Marco.
Local: estádio Roberto Simonsen (Sesi), em Manaus

Horário: 11h

Árbitro: Luizinho de Souza Lima

Auxiliares: Ivo Fernando da Costa de Souza e Eliane Nogueira da Silva
Gols: Jefferson (aos 34’ 1ºT) e Júnior Lacraia (aos 40’ 2ºT).

 

Publicidade

Comentários