×

Publicidade

EsportesEsportes

Em Manaus, Vasco enfrenta o Corinthians para deixar lanterna no Brasileirão

O cruz-maltino vem de duas derrotas seguidas no Campeonato Brasileiro e está em busca de sua primeira vitória na competição nacional

Com duas derrotas no Brasileirão, O Vasco ainda busca um técnico para tentar estruturar o time (Foto: Carlos Gregório Júnior/Vasco da Gama)

 

Sob pressão intensa pelos maus resultados recentes, o Vasco tenta juntar os cacos para vencer a primeira partida no Campeonato Brasileiro e deixar a lanterna. O time carioca vendeu o mando do jogo e vai encarar o Corinthians neste sábado (4), às 19 horas, na Arena Amazônia, em Manaus.

Somadas, a perda do Campeonato Carioca para o arquirrival Flamengo, a eliminação na quarta fase da Copa do Brasil e as derrotas nas duas primeiras rodadas do Brasileirão para Athletico-PR e Atlético-MG instalaram uma crise em São Januário. No torneio nacional, são seis gols sofridos e apenas um marcado e a pior campanha até aqui.

A pressão é tanta que Yago Pikachu perdeu a cabeça no desembarque da equipe em Manaus na sexta e tentou agredir um torcedor. Em nota, o atacante disse que tentou se defender de um torcedor que estava atirando objetos em direção aos jogadores. Apesar do incidente e do atual momento, os atletas foram recebidos com festa por cerca de 300 jogadores que estiveram no aeroporto na capital amazonense.

Na atual conjuntura, o clube ainda busca um técnico para tentar estruturar o time e foi às compras meio que às pressas em busca de suprir algumas carências no atual elenco. Chegaram os meias Marcos Júnior e Valdívia e o goleiro Sidão, este que pode fazer sua estreia neste domingo.

Sidão foi regularizado no BID da CBF na sexta-feira e deve assumir a meta vascaína já contra o Corinthians pois o titular Fernando Miguel está machucado. Ele vinha sendo substituído pelo jovem Alexander. A intenção do clube, com a contratação de Sidão é ter alguém mais experiente no gol.

Sem tempo para treinar a equipe, o técnico interino Marcos Valadares não repetiu uma escalação desde que está no cargo e deve, novamente, promover mudanças. Além da provável estreia de Sidão, é possível que Valdívia ganhe uma chance entre os titulares e Rossi entre na vaga de Pikachu.

 

Publicidade

Comentários