×

Publicidade

Economia

Empresa de componentes anuncia instalação no PIM

Dois executivos da Resiplastic estiveram reunidos para alinhar informações acerca das estratégias de operação no mercado local

Reunião com representantes da empresa Resiplastic (Foto: Divulgação/Seplancti)

Manaus/AM  – Empresa especializada no desenvolvimento e produção de rotomoldagem, a Resiplastic Indústria e Comércio pretende se instalar no Polo Industrial de Manaus ainda este ano. Com quatro unidades instaladas no país, o grupo pretende encaminhar ao Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam) projeto para a fabricação de componentes plásticos, inicialmente.

A produção de sensores para tanques de combustíveis está sendo avaliada para uma fase posterior. Os valores do projeto, investimento e mão de obra ainda estão sendo fechados.

Dois executivos da Resiplastic, o diretor de Desenvolvimento, José Zacarelli Salgueiro, e o gerente geral, Marcio Pavan, reuniram-se, na última sexta-feira (5),  com o secretário executivo de Desenvolvimento, Renato Mendes Freitas, e equipe técnica, para alinhar informações acerca das estratégias de operação no mercado local.

A rotomoldagem, atividade em que a empresa é referência, é um processo industrial de transformação de termoplásticos. Neste processo, obtêm-se peças técnicas simples ou com alto nível de complexidade a baixo custo, se comparado aos processos de injeção, sopro e vácuo na transformação industrial de material termoplástico.

A empresa atua em diversos segmentos com uma linha de produtos próprios nas linhas automotivas (catálogo e tanques para combustíveis) e motopeças (baú para motocicletas).

História

A Resiplastic iniciou suas atividades em 1987 na cidade de Ribeirão Pires, na região do ABC Paulista, tendo como seu primeiro produto boias para a indústria pesqueira. Em 1989, expandiu-se no ramo de peças termoplásticas, com o desenvolvimento de caixas de semente e de adubo para máquinas agrícolas de plantio direto.

Devido ao aumento da demanda e à abertura de novos setores, a empresa teve a necessidade de aumentar sua capacidade física e produtiva, mudando-se em 1996 para instalações próprias na cidade de Mauá, também no ABC Paulista.

Em 2002, fechou uma joint venture com a Rubbermaid para produção de brinquedos rotomoldados para a Little Tikes, filial da empresa norte-americana. A fábrica foi ampliada com a construção de um novo galpão, fábrica 2, e a aquisição de novas máquinas.

*Com informações da assessoria

Publicidade

Comentários