×

Publicidade

Economia

Associações de Tapauá recebem investimentos para a Feira dos pescadores e agricultores

Os recursos para o setor primário são oriundos dos Termos de Fomentos firmados entre o FPS e as instituições (Foto: Divulgação/FPS)

 

A Associação de Pescadores Artesanais do município de Tapauá recebeu na manhã de terça-feira (17), equipamentos e materiais permanentes para a estruturação da feira do município, localizado a 449 quilômetros de Manaus. O fomento firmado por meio de edital com o Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), no valor de R$ 73.438,00, vai beneficiar mais de mil pescadores locais.

“Hoje recebemos um grande investimento. Os nossos pescadores irão sair da chuva e do sol e com dignidade poderão vender seus peixes em um local coberto”, afirma o presidente da associação, Epaminondas Abreu.

Um caminhão com carroceria com capacidade para seis toneladas permitirá o escoamento da produção (Foto: Divulgação/FPS)

 

Os recursos para o setor primário são oriundos dos Termos de Fomentos firmados entre o FPS e as instituições que têm suas propostas apresentadas por meio de edital. Esses Termos de Fomento possibilitam que as Organizações da Sociedade Civil (OSCs) tenham acesso aos recursos para a aquisição de equipamentos, materiais permanente, transportes e implementos agrícolas com o intuito de aumentar produtividade, melhorar a qualidade de vida e a geração de renda das famílias em suas localidades.

“O trabalho do FPS além de promover o bem social, realiza sonhos. Hoje vemos aqui no munícipio de Tapauá, pescadores que terão uma qualidade de vida maior com a chegada da feira coberta e de materiais como isopor, farda e bebedouro. Os compradores poderão adquirir os produtos com mais higiene”, afirma a presidente de honra do FPS, Mônica Mendes.

Agricultura

Além da associação de pescadores, a Associação de Produtores Rurais do Projeto de Desenvolvimento Sustentável (APDS) – Samaúma também foi beneficiada. A aquisição de um trator agrícola com implementos e um caminhão com carroceria com capacidade para seis toneladas permitirá o escoamento da produção de mandioca, macaxeira, banana, pupunha, cupuaçu, açaí, melancia, jerimum, milho e feijão. Os transportes somam um investimento de R$ 277.850,00 e beneficiará 110 agricultores.

“Sairemos do trabalho manual com machado e terçado e iremos mecanizar nosso serviço. Além de sair da mão do atravessador que muitas vezes cobram caro”, diz Alexandre Gomes, presidente da APDS-Sumaúma.

Investimentos

O Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS) já realizou investimento na ordem de R$ 1,8 milhão para o setor primário e beneficiou 5 mil famílias no Estado, em seis meses de atuação no Governo Amazonino Mendes. O FPS também atua com o programa Crédito Solidário, que viabiliza financiamentos para microempreendedores.

 

*Com informações da assessoria

Publicidade

Comentários