×

Publicidade

Cidades

Primeira-dama anuncia investimentos no setor social para capital e interior

Entre os anúncios está um edital inédito de R$ 10 milhões que inclui aquisição de carros adaptados para PcDs.

Taiana Lima, primeira-dama (Foto: Lucas Silva)

Manaus (AM) – A primeira-dama do Amazonas, Taiana Lima, anunciou, nesta sexta-feira (23), investimento de R$ 15 milhões no setor social da capital e interior do estado. Desse valor, R$ 10 milhões serão destinados para projetos na área social, incluindo edital inédito para a aquisição de carros adaptados para atender Pessoas com Deficiência (PcDs). Outros R$ 5 milhões são referentes ao edital da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), também direcionado ao atendimento de PcDs.

Publicidade

“Por determinação do governador Wilson Lima, o setor social receberá investimento no total de R$ 15 milhões para a capital e o interior do nosso estado. E pela primeira vez o estado promove um edital para a aquisição de carros adaptados para atender pessoas com deficiência. Uma das ações prioritárias para 2021 e 2022 será a ampliação dos PACs (Pronto Atendimento ao Cidadão) do interior, para levar mais cidadania aos moradores dos municípios”, detalhou Taiana Lima.

O anúncio foi feito durante o 1º Encontro de Primeiras-Damas dos Municípios do Amazonas, realizado pelo Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS) no Centro Cultural Palácio Rio Negro, localizado no Centro, zona sul de Manaus.

A primeira-dama enfatizou, ainda, que outros R$ 3 milhões serão investidos para aquisição de cadeiras de rodas universais e de banho; e também reforçou a aplicação de recursos por meio de outros dois projetos anunciados, anteriormente, pelo governador Wilson Lima.

“Serão investidos cerca de R$ 20 milhões para o pequeno e microempreendedor, por meio do programa Crédito Solidário. O governador também já autorizou o investimento de R$ 4 milhões no projeto Água Boa, que levará água potável para os nossos municípios, melhorando a saúde e a qualidade de vida do nosso povo”, destacou a primeira-dama.

Mercado informal

A secretária executiva do FPS, Kathelen Santos, ressaltou a importância do Crédito Solidário para fomentar o mercado informal, para pessoas que desejam ser incluídas no contexto socioeconômico, por meio da geração de renda familiar.

“O Crédito Solidário esse ano vem com um investimento de R$ 20 milhões. É uma parceria com a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), em que nós vamos atender os 62 municípios, fortalecendo a economia, atendendo aquele cidadão que tem uma atividade iniciada, que precisa gerar renda para sua família nesse momento tão delicado que estamos vivendo”, enfatizou Kathelen.

Outras ações

Durante o evento, a rede de assistência do estado anunciou outras ações a serem realizadas ao longo de 2021 e também em 2022.

“Nós vamos ter os sete Samics (Serviço de Apoio à Mulher, Idoso e Criança), já tem um instalado no município de Itacoatiara, vamos instalar mais seis em outros municípios. Vamos fazer a ampliação do PAC também para o interior do Amazonas, estão previstos mais seis PACs, reforçando a atenção às pessoas que precisam utilizar os serviços essenciais, principalmente de documentação. Temos, ainda, o fomento de cinco milhões para Organizações da Sociedade Civil, que dão suporte também ao interior do estado”, pontuou Mirtes Sales, secretária da Sejusc.

“Num momento de pandemia, se instala uma outra pandemia, que é a pandemia da fome, da pobreza, do desemprego. E o Governo, com a sensibilidade do governador Wilson Lima, em especial da primeira-dama, Taiana, está unindo forças junto com as prefeituras, para que a gente possa potencializar os programas sociais já existentes, além de lançar novas ações para atender as pessoas, em especial as que mais precisam”, acrescentou Alessandra Campêlo, titular da Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas).

Encontro

O encontro de primeiras-damas foi realizado com o objetivo de discutir estratégias para ampliar ações de assistência social às pessoas em situação de exclusão social.

“Com certeza, diante de tudo que estamos passando, um encontro para podermos discutir ações para que a gente possa ajudar a população é sempre muito importante. Nós estamos trabalhando arduamente, não é fácil, porque diante de tudo o que está acontecendo muitas famílias estão necessitadas”, comentou a primeira-dama de Parintins, Mayra Dias.

“É de extrema importância, tanto para todos nós, como para as pessoas que estão sendo afetadas, porque nesse encontro nós buscamos soluções para o que nós temos passado. No momento, é de extrema urgência a situação da pandemia de Covid-19, onde o governador Wilson Lima não tem medido esforços quanto a isso, e quanto às pessoas que foram prejudicadas pela enchente”, frisou Rebeca Azevedo, primeira-dama de Envira.

*Com informações da assessoria

Comentários

error: Content is protected !!