×

Publicidade

Cidades

Prefeito Arthur Virgílio entrega 20ª creche à população de Manaus

Além das 20 creches em funcionamento, existem ainda nove creches em processo de construção, todas em área de maior vulnerabilidade social

Inauguração da creche professora Maria Anunciação Noronha (Foto: Mário Oliveira/Semcom)

Manaus/AM – O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, entregou nesta quarta-feira (23), a creche municipal Professora Maria da Anunciação Noronha Pinto, localizada na rua Itiquira, no conjunto Oswaldo Frota, Cidade Nova, Zona Norte da capital.

Com essa escola primária, sobe para 20 o número de unidades mantidas pela Prefeitura de Manaus, sendo a quarta inaugurada somente este ano. Mais de 52 mil crianças são atendidas pelo município na educação infantil. A solenidade de inauguração contou, ainda, com a presença da primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro e da secretária municipal de Educação, Kátia Schweickardt.

“Quando eu assumi a gestão, em 2013, Manaus tinha uma creche. Agora, chegamos a 20 e nossa meta é fechar com cerca de 30 até o final deste mandato”, afirmou o prefeito, lembrando do investimento que está sendo feito para construção de complexos escolares para atender crianças em creche, ensino infantil e ensino fundamental, com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento e contrapartida da Prefeitura. “Com isso, atenderemos mais de 260 mil crianças”, lembrou.

Prefeito Arthur Virgílio Neto disse que até o final do mandato serão 30 creches (Foto: Mário Oliveira/Semcom)

Arthur disse que as creches, embora tenham o foco no desenvolvimento infantil, também têm um grande papel social destinado às mães, que dessa forma ganham a oportunidade de ir ao mercado de trabalho, despreocupadas com a segurança de suas crianças. “Não podemos esquecer que há um grande problema social que é a violência contra a criança e as creches também contribuem para evitar esse drama, tanto para mãe quanto para as crianças”, pontuou.

Novas unidades

Além das 20 creches em funcionamento, existem ainda nove creches em processo de construção, todas em área de maior vulnerabilidade social. A prefeitura também está construindo cinco Centros Integrados Municipais de Educação (Cimes) com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). A orientação do prefeito Arthur Virgílio Neto é que as empresas que ganharam os processos de licitação contratem a mão de obra no próprio local, para que os filhos desses operários possam estudar nas escolas construídas pelos pais.

Além de uma excelente estrutura física, as creches ganham destaque com a agenda pedagógica.

“É muito importante que todo mundo saiba que a creche é fundamental para o desenvolvimento da criança. Nós temos um programa curricular, que é chamado ‘Vivência e Saberes’, que já virou case no Brasil. Até o Ministério da Educação quer saber como fazemos. Essas crianças que passam por aqui sairão mais preparadas para o processo de alfabetização e o desenvolvimento acadêmico durante toda sua vida”, afirmou a titular da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Kátia Schweickardt. “O nosso resultado não é conseguido com crianças de alto poder aquisitivo. Nosso trabalho é realizado, quase sempre, em áreas de maior vulnerabilidade social”, destacou.

Estrutura

Com capacidade para atender mais de 200 crianças, de um a três anos, a creche municipal Professora Maria da Anunciação Noronha Pinto tem nove salas de aula e contará com mais de 20 profissionais, entre professores, pedagogos, manipuladores de alimentos e gestora. A estrutura abrange, ainda, fraldário, lactário, solário, pátio coberto, refeitório, banheiros comuns e adaptados, área externa, recepção, secretaria, almoxarifado, sala de professores, sala de direção e coordenação, cozinha, despensa, lavanderia, depósito de material de limpeza e depósito de lixo.

A unidade de ensino, assim como as outras 19 creches municipais, irá trabalhar com o currículo escolar “Vivências e Saberes”, que tem o objetivo de facilitar o planejamento anual dessas unidades e está baseado no desenvolvimento de experiências para as crianças. Além disso, com a agenda que cada aluno recebe da prefeitura, familiares e professores mantêm diálogo diário sobre as diversas situações que acontecem dentro e fora da escola.

A creche municipal foi construída a partir da metodologia inovadora, que visa o atendimento das três premissas básicas do processo de implantação e expansão do programa Proinfância: Custo da Construção, Tempo de Execução e Qualidade da Construção.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmas), seguindo o padrão que vem sendo realizado em todas as creches municipais, fez o plantio de 30 mudas de árvores de espécies frutíferas na área interna da creche e de 400 mudas ornamentais nos jardins da entrada. 

*Com informações da assessoria

Publicidade

Comentários