×

Publicidade

Cidades

Jovem sem CNH atropela e mata idosa na Zona Leste de Manaus

Maria Madalena foi arremessada por quase 50 metros (Foto: Mário Souza/DM)

 

Manaus/AM – Um jovem de 18 anos, sem carteira de habilitação, atropelou e matou na manhã desta quinta-feira (13) uma idosa de 73 anos que atravessava a via na faixa de pedestres. O acidente aconteceu na Alameda Cosme Ferreira, no bairro Zumbi dos Palmares, Zona Leste de Manaus.

Segundo relatos de testemunhas, Maria Madalena Pereira Negreiros estava atravessando na faixa de pedestres após sinalizar com a mão, quando foi atingida por um carro modelo Golf, de cor cinza, placa JXQ-1157. Com o impacto, a idosa foi arremessada por quase 50 metros e morreu no local.

 

André não tinha CNH para dirigir e trafegava na via em alta velocidade (Foto: Divulgação)

 

De acordo com o delegado Miguel Ribeiro, do 4º Distrito Integrado de Polícia (DIP), André da Silva Alves, condutor do carro, estava em alta velocidade e não tinha Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Ele foi preso em flagrante no local do crime por policiais militares da 4ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom).

“O condutor foi mantido dentro da viatura para resguardar a sua integridade física, visto que populares que presenciaram o acidente queriam agredi-lo”, explicou a autoridade policial.

 

O jovem tentou fugir, mas perdeu o controle do veículo e colidiu com outro carro na via (Foto: Mário Souza/DM)

 

O acidente também envolveu outro veículo que se encontrava estacionado na via. O Onix, de cor vermelha e placa PHD-9490, teve parte da traseira destruída pelo impacto da batida.

André foi notificado por conduzir veículo automotor sem permissão, sendo encaminhado posteriormente para realizar teste de alcoolemia. Ele foi levado ao 14ª Distrito Integrado de Polícia (DIP) para os procedimentos cabíveis.

 

O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (Foto: Mário Souza/DM)

 

O corpo da idosa foi removido ao Instituto Médico Legal (IML), na Zona Norte da capital. As causas do atropelamento serão atribuídas pela Delegacia Especializada em Acidentes de Trânsito (Deat).

Publicidade

Comentários