domingo , 26 maio 2019
Home / Cidades / Jovem é morto com tiro, facadas, pedradas e pancadas de ferro após perseguição, no Cidade de Deus
Anuncie Aqui!

Jovem é morto com tiro, facadas, pedradas e pancadas de ferro após perseguição, no Cidade de Deus

Crime ocorreu na Rua São Paulo, bairro Cidade de Deus, Zona Norte de Manaus (Foto: Lucas Pereira/DM)

Ítalo Cardoso Silva, 22, foi assassinado com pedradas, barra de ferro na cabeça, facadas e tiro, por um grupo de pelo menos quatro homens, na noite desta sexta-feira (2), no bairro Cidade de Deus, Zona Norte de Manaus. Esta é a segunda morte registrada pela polícia no mesmo bairro, em menos de quatro horas, após Kamila Karol Anjos Fernandes, 19, ser morta com dois tiros na cabeça, dentro da própria casa, na Rua Santa Etelvina. Segundo a polícia, os crimes não possuem relação.

O crime ocorreu por volta das 21h, na Rua São Paulo. Ao Diário Manauara, testemunhas relataram que Ítalo foi atraído para uma ‘boca de fumo’, que fica na Rua São Francisco. No local, ele foi surpreendido por quatro homens, que estavam em um carro modelo Agile preto, placa não identificada. Na ocasião, os suspeitos tentaram sequestrar Ítalo, que reagiu ao empreender fuga, mas foi alcançado após levar um tiro nas costas.

Ítalo foi perseguido e morto após ser atraído para uma ‘boca de fumo’ (Foto: Lucas Pereira/DM)

Depois de ser cercado por três homens e sem qualquer chance de defesa, Ítalo foi agredido a pedradas e com golpes de barra de ferro na cabeça, além de ser atingido com facadas na mão esquerda e no abdômen. Em seguida, os criminosos fugiram com apoio do quarto indivíduo que estava na direção do veículo. Toda a ação foi presenciada pelo primo da vítima, que fugiu em seguida.

O corpo de Ítalo foi recolhido para o Instituto Médico Legal (Foto: Lucas Pereira/DM)

À polícia, moradores relataram que ‘Deninho’ e ‘Padeirinho’ foram reconhecidos como autores do crime, que tem como mandante ‘Mazinho’. A suspeita preliminar é de que o crime tenha relação com o tráfico de drogas, já que Ítalo era usuário de drogas e estaria comercializando entorpecentes na área sem autorização de ‘Mazinho’. Além disso, Ítalo já tinha sido preso por policiais militares da 13ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) em posse de um revolver calibre 38.

O corpo de Ítalo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML). A barra de ferro usada no crime foi recolhida pela polícia. O caso será investigado pela equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Veja Também

Operação fecha seis bares e prende duas pessoas em Parintins, no AM

A fiscalização para coibir o consumo de álcool entre adolescentes iniciou na noite de sábado ...