×

CidadesPolícia

Homem procurado por homicídios é preso na Avenida Camapuã, em Manaus

O delegado Jader Mafra afirmou que Dyomark é considerado um dos chefes de uma facção criminosa que atua no Amazonas - foto: divulgação/Polícia Civil

O delegado Jader Mafra afirmou que Dyomark é considerado um dos chefes de uma facção criminosa que atua no Amazonas – foto: divulgação/Polícia Civil

Dyomark de Souza Cunha, 33, envolvido em homicídios, foi preso na tarde de quarta-feira (23), por volta das 17h, em cumprimento a mandado de prisão pelo assassinato de Jadison Esquerdo da Costa, 30, ocorrido no dia 24 de dezembro de 2014, no bairro Novo Aleixo, Zona Norte de Manaus.

Publicidade

De acordo com o titular do 13° Distrito Integrado de Polícia (DIP), delegado Jander Mafra, a equipe recebeu denúncia anônima informando que Dyomark receberia armas de fogo no estacionamento de uma loja localizada na Avenida Camapuã, bairro Cidade de Deus, Zona Norte. Os policiais civis da unidade policial se deslocaram imediatamente ao local indicado e conseguiram identificar o suspeito.

“Ele (Dyomark) é considerado um dos chefes de uma facção criminosa que atua no Estado. O indivíduo é considerado de alta periculosidade. Sabemos que atuava na Comunidade Nossa Senhora de Fátima, Zona Norte e estava acostumado a ameaçar, de morte, os moradores daquela região. Também fomos informados que ele ordenava a execução de pessoas que o denunciavam”, disse Jander Mafra.

Jander Mafra explicou que o mandado de prisão preventiva em nome de Dyomark foi expedido no dia 25 de maio deste ano, pelo juiz Anésio Rocha Pinheiro, da 2ª Vara do Tribunal do Júri. Conforme o delegado, o crime referente ao mandado ocorreu na Rua Nazaré, na Comunidade Nossa Senhora de Fátima. Na ocasião, o Dyomark efetuou um disparo de arma de fogo em direção a Jadison, que foi a óbito no local.

Mafra ressaltou que além desse crime, há outro mandado de prisão preventiva em nome de Dyomark, representado pela equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), por outro homicídio cometido pelo infrator.

Dyomark foi indiciado por homicídio qualificado e ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial ele será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde ficará à disposição da Justiça.

Com informações da assessoria

Comentários