×

Publicidade

Cidades

Cerca 400 policiais militares se qualificam por ano no Amazonas

Os cursos ão realizados por Ensino a Distância (EaD)

O curso parte do processo de ingresso na Polícia Militar do Amazonas (PMAM) (Foto: Bruno Zanardo/Secom)

Manaus – Criado em abril de 1965, o Centro de Instrução Militar (CIM), hoje Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), faz parte do processo de ingresso na Polícia Militar do Amazonas (PMAM). Por ano, passam pelas salas de aula uma média de 400 policiais, que se preparam para a atuação em campo e para as promoções nas carreiras.

Hoje o CFAP funciona no Instituto Integrado de Ensino de Segurança Pública do Amazonas (Iesp-AM). O subcomandante do CFAP, capitão Douglas Silva, explicou que só após o curso o aluno que se formou soldado poderá ir para a área de serviço. Para as mudanças de patentes, é necessário o curso de aperfeiçoamento.

“Para ele chegar a cabo, ele passa na faixa de cinco anos como soldado, tendo experiência, tendo vivência de área, vivência na Polícia Militar, e é promovido. Após a promoção, vem fazer o curso de aperfeiçoamento para cabo”, disse.

Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP) (Foto: Valdo Leão/Secom)

Atualmente os cursos de aperfeiçoamento de 1°, 2° e 3º Sargento, Subtenente e Cabo são realizados por Ensino a Distância (EaD), com aulas de tiro necessariamente presenciais.

Aluna do CFSD, a policial Elivane Trindade acredita que o curso amplia a visão sobre o trabalho da segurança pública. “A priori, nós recebemos uma instrução, no primeiro dia, sobre mudança de mentalidade. E essa aula foi um marco no início do nosso curso de formação porque foi uma instrução que fez uma revolução na nossa cabeça. Para sermos policiais militares, nós precisamos evoluir, abrir a mente para receber novos conhecimentos, para ter uma nova postura, ser um policial digno de vestir essa farda. É uma evolução constante”, enfatizou.

Atualmente, o CFAP conta com seis alunos no Curso de Formação de Soldado (CFSD), iniciado em novembro, 328 alunos no Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos (CAS), 190 alunos no Curso de Formação de Sargento (CFS) e 312 alunos no Curso de Formação de Cabo (CFC).

 *Com informações da assessoria

Publicidade

Comentários