×

Publicidade

Polícia

Quinto fugitivo da Cadeia Pública de Manaus é achado morto em ramal do Distrito Industrial

Arlisson foi encontrado morto com cinco tiros no Ramal da Gisele, no Distrito Industrial - foto: Lucas Pereira/Diário Manauara

Arlisson foi encontrado morto com cinco tiros no Ramal da Gisele, no Distrito Industrial – foto: Lucas Pereira/Diário Manauara

 

Arlisson Matos Pereira, 24, foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira (27), com cinco tiros, em um ramal do Distrito Industrial, Zona Leste de Manaus. A vítima foi identificada por agentes da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) como um dos 14 detentos que fugiram da Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no início da madrugada de domingo (26).

Arlisson é o quinto foragido da cadeia pública de Manaus encontrado morto em ramal - foto: Lucas Pereira/Diário Manauara

Arlisson é o quinto foragido da Cadeia Pública de Manaus encontrado morto em ramal – foto: Lucas Pereira/Diário Manauara

 

Arlisson é quinto foragido da cadeia pública de Manaus, localizado na Avenida Sete de Setembro, no Centro da capital. O corpo dele foi achado por volta das 10h30, no Ramal da Gisele, por policiais militares da 25ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), após uma denúncia anônima ao 190 do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops).

Peritos criminais do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC) estiveram no local e identificaram cinco perfurações de tiros, sendo três na costela, um na cabeça e outro na região do rosto.

Arlisson cumpria pena pelo crime de estupro - foto: divulgação

Arlisson cumpria pena pelo crime de estupro – foto: divulgação

 

De acordo com o titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), delegado Juan Valério, a suspeita é que Arlisson tenha sido executado em outro local e depois desovado no ramal. A vítima cumpria pena pelo crime de estupro.

“Pelas características, a suspeita é que Arlisson foi executado por volta de 12h de domingo (26) e, em seguida, o corpo abandonado no local, uma vez que rastros foram identificados”, explicou o delegado Juan Valério.

O corpo de Arlisson estava em uma área verde do ramal - foto: Lucas Pereira/Diário Manauara

O corpo de Arlisson estava em uma área verde do ramal – foto: Lucas Pereira/Diário Manauara

 

O delegado ressaltou que em janeiro deste ano, Arlisson e outros 225 detentos foram transferidos para cadeia pública, após as rebeliões em três presídios que resultaram 64 mortes e mais de 200 fugas no início de 2017.

O corpo de Arlisson foi removido para o Instituto Médico Legal (IML), na Zona Norte.

O IML fez a remoção do corpo por volta das 12h25 – foto: Lucas Pereira/Diário Manauara

 

O delegado Juan Valério informou que equipes da DEHS já investiga a série de execuções envolvendo fugitivos, mas preferiu não comentar o andamento das investigações que está sendo mantida em sigilo para identificar os autores.

Outros casos

Na manhã e tarde de domingo, quatro corpos de fugitivos foram encontrados com tiros na cabeça, costas e pescoço, em ramais, próximo à Vivenda Verde, no bairro Tarumã, Zona Oeste. Breno Custódio de Jesus, 23; Douglas da Silva Costa, 23, e Edgar de Souza Ribeiro, 29, mortos com dois tiros cada, foram achados no Ramal das Pirraças, por volta das 6h.

Já Claudiomar Ribeiro Sá, 27, foi encontrado por volta das 15h20, no Ramal do Tabosa com dois tiros, um na cabeça e outro no peito. Todas as vítimas foram encontradas após denúncia anônima por meio do 190 do Ciops.

Veja a lista de foragidos

A polícia realiza buscas para recapturar outros sete foragidos da Cadeia Pública de Manaus. Confira!

1- Alexsandro de Souza Reis
2 – Elivaldo Silva da Costa
3 – Janilton Monteiro da Frota
4 – Jone dos Remédios Martins
5 – José Augusto da Rocha Júnior
6 – Leonardo Elias Nahmias
7 – Paulo Guilherme Carvalho da Silva

Publicidade

Comentários