×

Polícia

Mecânico é executado a tiros enquanto trocava pneu de carro no Morro da Liberdade

Erivelton trocava pneu de um carro,quando foi morto com vários tiros - foto: Lucas Pereira/Diário Manauara

Erivelton trocava pneu de um carro,quando foi morto com vários tiros – foto: Lucas Pereira/Diário Manauara

O mecânico Erivelton Damasceno da Costa, conhecido como ‘Baby’, 24, foi executado por, pelo menos, dez tiros, na noite de quarta-feira (5), por volta das 18h, no Beco Búlgaros (antigo Beco São Sebastião), bairro Morro da Liberdade, Zona Sul de Manaus. A vítima trocava pneu de um veículo no momento do crime.

De acordo com o pai da vítima, operador de máquina Everton Santos da Costa, 46, quatro homens, não identificados, chegaram ao local em um carro, modelo Siena vermelho, placa não identificada. Erivelton trocava o pneu de um veículo, modelo Palio vermelho, placa JXL-0665, quando dois homens desceram do carro e foram até o mecânico.

Ao se aproximarem de Erivelton, que estava de costas, um dos suspeitos perguntou se ele sabia trocar pneus, logo depois de receber a resposta, o suspeito sacou uma arma de fogo e efetuou os disparos contra a vítima, que morreu no local. A maioria dos tiros atingiu costas e cabeça do mecânico. Em seguida, os suspeitos, que agiram de cara limpas, fugiram tomando rumo ignorado.

A perícia criminal informou que a vítima foi morta com tiros de pistola PT.40 - foto: Lucas Pereira/Diário Manauara

A perícia criminal informou que a vítima foi morta com tiros de pistola PT.40 – foto: Lucas Pereira/Diário Manauara

Conforme o perito criminal que se identificou apenas como Tarcísio, do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC), o corpo do mecânico tinha 23 perfurações entre entrada e saída, mas pelo menos dez tiros atingiram a vítima. Cápsulas deflagradas encontradas na cena do crime indicam que os disparos foram de uma de uma pistola ponto 40.

“As 23 perfurações estão associadas com entrada e saída dos projéteis. Acreditamos que a vítima tenha sido morta por pelos menos dez tiros de pistola ponto 40, de uso restrito das policias, já que cápsulas foram encontradas e recolhidas para ajudar na elucidação do caso”, disse o perito criminal.

Um parente da vítima, que preferiu manter o nome em sigilo por medo de represália, disse que Erivelton tinha uma rixa com um traficante da área, conhecido como ‘Caio’.

“Acreditamos que Erivelton foi morto em uma possível vingança, já que ele era muito querido entre os moradores do bairro e despertava inveja”, disse o familiar.

O corpo do mecânico foi removido para o IML, na Zona Norte de Manaus - foto: Lucas Pereira/Diário Manauara

O corpo do mecânico foi removido para o IML, na Zona Norte de Manaus – foto: Lucas Pereira/Diário Manauara

Ainda segundo o parente da vítima, Erivelton morreu um dia antes de ser pai, já que a esposa dele dará à luz a primeira filha do casal nesta quinta-feira (6). O corpo do mecânico foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

Em consulta ao site do Tribunal de Justiça do Amazonas (Tjam), consta que Erivelton respondia por tráfico de drogas e condutas afins desde o ano de 2014.

Ocaso foi registrado no 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP). As investigações serão conduzidas pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Publicidade

Comentários