×

Polícia

Integrante da FDN é executado a tiros por supostos rivais do CV

“Bruninho da 14” foi alvejado a tiros por ocupantes de um carro enquanto brincava de papagaio

Bruno tinha diversas passagens pela polícia e integrava à FDN (Foto: Divulgação)

Manaus – Bruno Silva de Almeida, 30, conhecido como “Bruninho da 14”, foi executado com vários tiros na tarde de sexta-feira (10). O crime ocorreu entre as Ruas Barcelos e Nhamundá, no bairro Praça 14 de Janeiro, na Zona Sul de Manaus.

Segundo informações repassadas pela 1ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), Bruno estava brincando de papagaio [pipa], quando um carro, modelo Palio, de cor preta, aproximou-se e ocupantes começaram a efetuar os disparos.

Os atiradores fugiram sem serem identificados por testemunhas. Bruno foi socorrido até o Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto, no bairro Adrianópolis, na Zona Centro-Sul, mas não resistiu aos ferimentos.

Conforme levantamentos da polícia, Bruno tinha extensa fixa criminal pelos crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, desacato, tentativa de homicídio e homicídio. Ele também fazia parte da facção criminosa Família do Norte (FDN) e temido por aterrorizar os moradores do bairro Praça da 14.

Pelo histórico criminal, a polícia acredita que Bruno tenha sido assassinado por membros do Comando Vermelho (CV). A organização criminosa tem assumido o controle do tráfico em vários bairros de Manaus, inclusive na Zona Sul.

O corpo de Bruno foi removido ao Instituto Médico Legal (IML). A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) vai investigar o assassinato relacionado ao tráfico de drogas.

Publicidade

Comentários