×

Publicidade

Polícia

Garçom é executado a tiros em Manaus; vítima recebia ameaças de morte, diz família

Os tiros atingiram a cabeça de Anderson, que morreu na hora. (Foto: Divulgação)

Com quatro tiros na cabeça, o garçom Anderson Azevedo Nonato, 22, foi executado na madrugada deste sábado (17), na Comunidade Novo Reino, no bairro Tancredo Neves, Zona Leste de Manaus, o crime ocorreu por volta de 1h40, na Rua Carapira, a poucos metros da casa da vítima.

De acordo com informações repassadas pela polícia, Anderson foi alvejado na cabeça no momento em que caminhava pela rua. Testemunhas relataram que dois homens, estacionaram um veículo, de características não reconhecidas, e um deles desceu do carro, aproximou-se de Anderson e atirou, cerca de seis tiros.

Anderson foi atingido com quatro tiros e não resistiu aos ferimentos no local. Os suspeitos fugiram sem serem identificados. À polícia, familiares disseram que Anderson estava recebendo ameaças de morte, porém, não souberam informar quem e nem o motivo.

Para a polícia, a suspeita é que o crime esteja relacionado com o tráfico de drogas. O corpo de Anderson foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML). O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Publicidade

Comentários