×

Publicidade

Polícia

Ataque a tiros deixa três mortos e uma mulher ferida no Centro de Manaus

O caso aconteceu na noite desta quinta-feira (29), em um lanche, na rua José Clemente. Uma mulher foi vítima de bala perdida.

As vítimas foram atacadas a tiros em um lanche (Foto: Divulgação)

Manaus (AM) – Três homens foram assassinados e uma mulher ficou ferida na noite desta quinta-feira (29), após ataque a tiros no “Lanche Klissia X”, na rua José Clemente, no bairro Centro, na Zona Sul da capital amazonense. No ano passado, outro crime foi registrado na mesma região relacionado ao tráfico de drogas.

Publicidade

A ocorrência mobilizou inicialmente policiais militares da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). Testemunhas relataram que as vítimas foram surpreendidas por ocupantes de um carro, modelo Voyage, de cor prata, final de placa 6728. O veículo havia acessado o local pela rua Lobo D’Almada, nas proximidades do “Bar do Caldeira”.

Os assassinos estavam fortemente armados e efetuaram vários tiros contra os três homens, que morreram na hora. Na mesma ação, Sandra Barbosa da Costa, 39, foi vítima de bala perdida. Ela deu entrada com um ferimento na perna no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto, na Zona Centro-Sul de Manaus, e não corre risco de morrer.

A 24ª Cicom informou que os pistoleiros fugiram pela avenida Eduardo Ribeiro. As equipes realizaram buscas pela área, porém, nenhum suspeito foi localizado. Conforme a perícia criminal, dois homens foram alvejados com seis tiros de pistola calibre nove milímetros e outro com três disparos. Nenhuma das vítimas portava documentos pessoais.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), que está investigando o triplo homicídio, já identificou câmeras de segurança na região que devem ajudar nas investigações.

Outro crime na região

Yohan Ramon foi morto com dois tiros à queima-roupa (Foto: Arquivo/Josemar Antunes)

No dia 13 de agosto de 2020, Yohan Ramon Santos da Silva “Playboy”, 19, foi morto com dois tiros à queima-roupa, na rua José Clemente. O jovem estava sentado assistindo um programa de TV, quando um homem se aproximou e efetuou os disparos.

À época, a polícia coletou informações que Yohan Ramon era membro da facção criminosa Comando Vermelho (CV), com a função de distribuir drogas em bares, lanches e casas noturna. A vítima já tinha passagem por tráfico de drogas.

Comentários

error: Content is protected !!