×

Publicidade

Polícia

Adolescente é morta com tiros na cabeça em rip-rap no bairro Compensa

Vitória Silva de Carvalho, 16, foi assassinada em uma área considerada “vermelha” devido o intenso movimento do tráfico de drogas

Vitória foi assassinada com três tiros à queima-roupa na cabeça (Foto: Josemar Antunes)

Manaus (AM) – Com três tiros à queima-roupa na cabeça, a adolescente Vitória Silva de Carvalho, 16, foi executada por volta das 6h50 deste sábado (3), em um rip-rap do beco Ponce de Leon, com a rua Belo Horizonte, no bairro Compensa 2, na Zona Oeste de Manaus.

Publicidade

Segundo informações da 8ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), a adolescente caminhava pelo rip-rap e, em seguida, surpreendida com tiros à queima-roupa pelo assassino, em uma área considerada “vermelha” devido o intenso movimento do tráfico de drogas, disputado por integrantes de facções criminosas Comando Vermelho (CV) e Cartel do Norte (CDN).

Após os disparos de arma de fogo, os moradores encontraram a jovem caída de bruços. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local e constatou a morte. Abalados, os familiares não quiseram falar com a imprensa.

Vitória foi assassinada com três tiros à queima-roupa na cabeça (Foto: Josemar Antunes)

Vitória morava com os pais no bairro Novo Amanhecer, em Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus), mas sempre a jovem era vista na região. Não há informações sobre a motivação do crime, mas indícios apontam por suposto envolvimento com o tráfico de drogas.

O corpo da adolescente foi removido para o Instituto Médico Legal (IML), onde passará por exame de necropsia. O assassinato foi registrado no 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), mas as investigações serão atribuídas pela equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Comentários

error: Content is protected !!