×

Publicidade

Esportes

Centroavante Hamilton se despede do Manaus FC

O centroavante estava sem contrato com o clube desde o dia 5 e sai de graça do Manaus FC para o futebol árabe

Centroavante vai para o futebol árabe  (Fotos: Ismael Monteiro/MFC)

O maior artilheiro da história do Manaus FC  o camisa 25, Hamilton, se despede do Gavião do Norte. O jogador acertou a rescisão contratual com o clube na tarde desta quinta-feira, (10). O centroavante, que foi o artilheiro do time no Brasileirão da Série C, com oito gols, tem proposta para atuar no mundo Árabe.

Publicidade

 “A saída é porque apareceu aí uma proposta muito boa do Kuwait, que infelizmente o Manaus não ia poder cobrir e não tinha como recusar. Manaus deixa só sentimento de alegria e gratidão. As maiores alegrias que eu vivi no futebol foi com o Manaus. Sempre recebi muito carinho da torcida. E sobre o futuro eu espero um dia poder voltar, quem sabe encerrar minha carreira pelo Manaus. Seria muito bom”, disse o centro avante.

Os gols de Hamilton na Série C – principalmente a pintura marcada diante do Ferroviário (CE), na Arena da Amazônia – ganhou destaque na mídia nacional, o que fortaleceu as comparações com o atacante sueco do Milan, Zlatan Ibrahimovic. O sucesso de Hamilton chamou atenção não só no Brasil – onde o atacante recebeu várias propostas, mas também fez com que ele entrasse no radar dos clubes do exterior.

Em homenagem ao ídolo do clube, o presidente Luis Mitoso anunciou que a camisa 25 será aposentada. “O Hamilton é um ídolo do clube, e a camisa 25 é a sua marca registrada. Neste momento, em que o Hamilton não seguirá no Gavião do Norte para a próxima temporada, também anunciamos a aposentadoria da camisa. Entendemos que só ele pode usar e, se ele voltar ao clube, ela será desaposentada. Somente neste caso o número 25 voltará a ser usado. Será a nossa forma de homenagear o Hamilton”, disse o presidente do clube, que lembrou do início da história do atacante no clube.  

Apresentado em 2017, Hamilton de Sá fez 88 jogos e trinta e nove gols vestindo a camisa esmeraldina. Fez parte da conquista dos três estaduais (2017, 2018 e 2019) e participou da histórica campanha do acesso à Série C, em 2019, campanha que rendeu o vice-campeonato brasileiro da Série D ao Manaus. Em 2020, o Ibra da Amazônia conquistou o primeiro turno do Barezão e ajudou a manter o esmeraldino na Terceirona.

“O Hamilton foi uma grata surpresa. Quando eu estava no Estádio Carlos Zamith acompanhando a Copa Evangélica, o Tubarão – à época lateral-esquerdo do MANAUSFC – deu a dica que eu tinha que acompanhar o jogador Hamilton, que estava se destacando muito no campeonato. E depois de assistir um jogo dele, fui fazer o convite para ir ao Manaus. Só que o Hamilton comentou que estava fechado com o Peladão, que naquele momento não tinha como. Então eu disse pra ele jogar o Peladão, que no ano seguinte jogaria com o Manaus. E assim se fez”, lembrou Mitoso.

*Com informações da assessoria 

Comentários

error: Content is protected !!