×

Educação

Educadores da rede municipal de ensino recebem capacitação de prevenção às drogas

 Educadores da rede municipal participam de treinamento sobre prevenção às drogas - foto: Cleomir Santos/Semed


Educadores da rede municipal participam de treinamento sobre prevenção às drogas – foto: Cleomir Santos/Semed

Professores, gestores e pedagogos de escolas municipais da Zona Leste de Manaus, até a próxima sexta feira (21), vão participar de um treinamento sobre prevenção de drogas. O treinamento será ministrado por especialistas do ramo do direito e pessoas que trabalham com o enfrentamento de drogas no Amazonas. O Curso é oferecido por meio do Projeto ‘Crack é possível vencer’, em parceria com a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP).

Publicidade

Durante o treinamento, realizado na Escola Municipal Leonor Uchôa de Amorim, no Bairro São José 2, Zona Leste de Manaus, serão abordados e debatidos temas como: Tabagismo Interfamiliar, Alcoolismo, Drogas ilícitas, Entorpecentes e Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST’s).

De acordo com a gerente de Ações Complementares e Programas Especiais (Gacpe), da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Dircélia Ortiz, a secretaria entende que capacitações como essas são muito importantes para o trabalho realizado dentro das escolas. Ela explicou ainda que está sendo implantado pela Semed um projeto piloto de prevenção ao uso de entorpecentes, que no primeiro momento será aplicado em 145 unidades de ensino da zona leste.

“Esta ação está em conformidade com o projeto de prevenção as drogas que a secretaria está implantando, chamado ‘Prevenir para construir uma cultura de paz na escola’, que pretende trabalhar a prevenção às drogas, com atividades interdisciplinares, palestras, oficinas, práticas esportivas e culturais direcionadas aos alunos e professores do município e em conjunto com diversos órgãos do Amazonas”, disse Dircélia.

Ortiz ressaltou ainda que o objetivo principal deste curso é integrar os educadores no grupo de trabalho de prevenção da Semed e, ao mesmo tempo, torná-los multiplicadores de conhecimento. “A ideia deste curso é também de abrir um diálogo com nossos educadores e, com isso, construir uma rede, um grupo de trabalho do projeto de prevenção”, disse.

O curso é destinado aos representantes de 62 escolas localizadas, principalmente, no Bairro Jorge Teixeira, zona com elevado índice de criminalidade.

“O curso é multidisciplinar, justamente porque o problema da droga é multifatorial. O nosso objetivo é treinar e orientar para que os profissionais da educação conheçam diversas formas de prevenção e, em seguida, passem aos alunos e, daí, isso, se torne um viral. Ou seja, queremos criar um grande grupo da prevenção das drogas nas escolas destes educadores”, destacou o coordenador do projeto ‘Crack é possível vencer’, Divanilson Cavalcanti.

Com informações da assessoria

Comentários