×

Educação

Alunos da unidade de ensino municipal participam da primeira mostra cultural

 Ao todo, 336 alunos apresentaram as temáticas ‘O dinossauro no espaço terrestre’ e ‘Sistema solar’ - foto: Cleomir Santos/Semed

Ao todo, 336 alunos apresentaram as temáticas ‘O dinossauro no espaço terrestre’ e ‘Sistema solar’ – foto: Cleomir Santos/Semed

Alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental da Escola Municipal Elinea Folhadela, bairro Alvorada I, Zona Oeste de Manaus, participaram, na manhã desta quinta-feira (24), da 1ª Mostra Cultural da unidade de ensino. A atividade faz parte do projeto ‘Redescobrindo a leitura e escrita por meio do estudo do Universo’. Ao todo, 336 alunos apresentaram as temáticas ‘O dinossauro no espaço terrestre’ e ‘Sistema solar’. A atividade se encerra na sexta-feira (25).

Publicidade

A mostra é uma ação da Oficina de Formação em Serviço (OFS), da Secretaria Municipal de Educação (Semed), por meio dos formadores do Departamento de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM) e os acadêmicos de diferentes licenciaturas da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e segundo a diretora da escola, Alexia Hayden Cadais, o objetivo do trabalho e incentivar a leitura e escrita entre as crianças, possibilitando juntamente a compreensão do Universo.

“O projeto da OFS veio somar juntamente com a escola numa metodologia, de aprendizado que nós tínhamos com os nossos alunos. Nós envolvemos a comunidade escolar tanto interna, quanto externa, colocamos os pais para participar, o que influenciou diretamente na leitura dos estudantes”, concluiu.

Satisfeita com resultado obtido durante dois anos de trabalho na implantação do projeto, a coordenadora pedagógica das OFS, Maria do Carmo, ressaltou os resultados positivos na escola das atividades realizadas e explicou como a mostra foi desenvolvida.

“O que estamos vendo aqui é o resultado do projeto de aprendizagem que foi desenvolvido em todas as salas pelos professores. Esse tema foi definido pelos próprios alunos, porque eles queriam conhecer o que tem no universo e fizeram isso na sala de aula, com pesquisas, filmes, recortes, colagem”, afirmou.

O funcionário público estadual, Joaquim, Francisco Pires, 49, pai das alunas do Nanda Gabriele, 11, do primeiro ano, Nadria Rafaela, 11, e Mariane, 9, que sempre participa dos eventos da escola, falou sobre como a metodologia diferente influencia no ensino das filhas.

“A diretora passou algumas informações com uma palestra dizendo que a didática mudou muito. Pela minha idade, em nossa época nós sentávamos no banco da escola e só escrevia, mas hoje as novas metodologias de ensino ajudam muito as crianças. Nós percebemos o desenvolvimento dos alunos, e o resultado estamos vendo na mostra, algo que seria difícil de imaginar no passado”, comentou.

Aluno do 1º ano, Ibrahimovic Tavares de Sousa, 7, ficou feliz de poder mostrar o trabalho feito sobre os dinossauros. De acordo com a criança, ele aprendeu muito nas pesquisas para saber tudo sobre uma espécie já extinta há milhões de anos, mas que ainda fascina a todos.

“Aprendi que os dinossauros eram carnívoros e herbívoros. Foi muito bom mesmo saber sobre esses animais que nem existem mais”, disse o aluno.

Com informações da assessoria

Comentários