×

Publicidade

CidadesPolícia

Trio envolvido em furtos a casas é presa no bairro Mauazinho

Isac, Ryvia e Elizângela foram autuados, em flagrante, por furto qualificado e associação criminosa - foto: Erlon Rodrigues/assessoria de imprensa da Polícia Civil

Isac, Ryvia e Elizângela foram autuados, em flagrante, por furto qualificado e associação criminosa – foto: Erlon Rodrigues/assessoria de imprensa da Polícia Civil

Isac Bruno de Oliveira Brasil, 26; Ryvia Lanna Almeida de Oliveira, 23, e Elizângela Freitas dos Santos, 28, foram apresentados na manhã de quinta-feira (20) no prédio da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), por envolvimento em furtos a casas na capital amazonense.

De acordo com o delegado adjunto da Derfd, Denis Pinho, o trio foi preso, em flagrante, por volta das 13h, de quarta-feira (19), na Rua Eugênia, loteamento Jardim Mauá, bairro Mauazinho, Zona Leste de Manaus, logo depois de efetuarem dois furtos a casas daquela localidade. Os suspeitos ocupavam um veículo, modelo Corsa Classic, cor preta, placa NOW-8786, quando foram interceptados por policiais civis da especializada.

Durante a abordagem foram apreendidos com o trio um Kit de chaves micha,
A Polícia Civil do Amazonas, representada pelo delegado adjunto da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), Denis Pinho, apresentou na manhã desta quinta-feira, dia 20, durante coletiva de imprensa realizada às 9h30, no prédio da especializada, Isac Bruno de Oliveira Brasil, 26; Ryvia Lanna Almeida de Oliveira, 23, e Elizangela Freitas dos Santos, 28, envolvidos em furtos a casas na capital. Com os infratores foi apreendido um kit de chaves micha.

Conforme Denis Pinho, a equipe de investigação da especializada recebeu denúncias, há cerca de 15 dias, informando que Elizângela estaria envolvida em furtos a residências no bairro Mauazinho e em outras áreas da capital. Durante as diligências os policiais civis passaram a acompanhar a rotina da mulher e descobriram que ela era contumaz na prática de furtos.

“Elizangela já foi presa dez vezes, pelo menos, pela prática de furtos. Ela contava com a ajuda de Ryvia e Isac para cometer os delitos, efetuados, principalmente, pelo período da manhã e começo da tarde, em distintas zonas da cidade. As duas infratoras verificavam a existência de pessoas no imóvel e, ao constatarem que os imóveis estavam vazios, utilizavam chaves micha para abrir as fechaduras das portas e não deixar sinais de arrombamento”, declarou Pinho.

O delegado ressaltou, ao longo da coletiva, que após entrarem nas residências, Elizangela e Ryvia furtavam diferentes objetos eletrônicos. A ação criminosa durava, aproximadamente, 15 minutos. Isac permanecia do lado de fora dos imóveis, para ajudar na logística do crime e na fuga.

“No momento em que foi preso Isac estava dentro do carro que conduzia, dando apoio às comparsas. Estima-se que o trio efetuava, em média, cinco furtos por dia. Na última terça-feira, dia 18, os indivíduos furtaram uma residência na invasão Grande Vitória, no bairro Gilberto Mestrinho, zona Leste”, argumentou o adjunto da Derfd.

Durante a coletiva de imprensa, ao ser questionada sobre a forma como utilizava as chaves micha, Elizângela afirmou que teria feito um curso onde aprendeu a manusear as ferramentas e utilizá-las nos crimes. A equipe de investigação da Derfd continua investigando os possíveis receptadores dos objetos furtados pelo trio.

Elizângela, Isac e Ryvia foram autuados, em flagrante, por furto qualificado e associação criminosa. Ryvia e Elizangela foram encaminhadas ao Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF). Isac foi conduzido à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde irá permanecer à disposição da Justiça.

Com informações da assessoria

Publicidade

Comentários