×

Publicidade

Cidades

Prefeitura revitaliza ponte de madeira no bairro Alvorada

com aproximadamente 30 metros de extensão, a ponte possibilita maior segurança aos moradores da área

Prefeitura revitaliza ponte de madeira no Bairro Alvorada/ FOTO: Márcio Melo / Seminf


Manaus|AM
– Os moradores da rua Chico Mendes, no bairro Alvorada, zona Centro-Oeste da capital, começaram a receber na manhã desta terça-feira (4), a revitalização da ponte de madeira que passa sobre o igarapé Chico Mendes. Na tarde de domingo, (2), um carro ocasionou o desmoronamento da ponte, principal acesso dos moradores até suas casas. Os serviços são realizados pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf).

Publicidade


Um efetivo de 20 servidores da Seminf trabalha, de forma engajada, na construção da nova ponte de madeira para a comunidade, com aproximadamente 30 metros de extensão, que irá possibilitar maior segurança aos moradores. O material utilizado visa respeitar as características naturais das edificações, além de cumprir as normas ambientais com o uso de materiais que não degradam a natureza.


De acordo com o vice-prefeito e secretário da Seminf, Marcos Rotta, o cuidado com as pessoas e o trabalho em prol de melhores condições de vida para a população estão entre os principais objetivos da gestão do prefeito David Almeida.


“Nessa área do bairro Alvorada, nós identificamos o sofrimento das pessoas que têm dificuldades de ir e vir até as suas casas. O desmoronamento gerou problemas de acesso às pessoas idosas e pessoas com deficiência, que não conseguem sair de casa sem passar por esta ponte. A determinação do prefeito David Almeida é que os trabalhos sejam realizados o mais breve possível e com total segurança, para causar o mínimo de transtorno possível aos moradores”, garantiu Rotta.


Para a moradora Conceição de Sousa, a ponte representa o principal acesso dos moradores e, depois que desmoronou, a dificuldade para sair de casa é grande, pois a maioria das vias do bairro tem apenas um sentido ou não tem saída.


“Minha mãe atravessa pela ponte para poder vir até a minha casa. Nós temos a expectativa de que, após esses serviços, teremos um pouco de dignidade, porque nós moramos aqui por necessidade, mas temos de conviver com muitas dificuldades. Agradeço à prefeitura, que está aqui trabalhando de forma tão rápida, porque nós estávamos totalmente esquecidos e esperamos que as pessoas tomem consciência de que a ponte de madeira é para pedestres”, disse Conceição.

 


*com informações Assessoria

Comentários

error: Content is protected !!