×

Publicidade

Cidades

Prefeitura de Manaus lança campanha contra hepatites virais

A campanha faz parte da programação do “Julho Amarelo” - mês em que são reforçadas todas as ações para o combate à doença

A vacina é direcionada a homens, mulheres e crianças de ambos os sexos (Foto: Alex Pazuello/Semcom)

Manaus/AM – Visando o combate contra hepatites virais (A, B, C e D), a Prefeitura de Manaus lançou nesta sexta-feira (5), ações com teste rápido, vacinação e distribuição de preservativos, no Shopping Phelippe Daou, Avenida Camapuã, Jorge Teixeira, Zona Leste da capital amazonense.

A campanha faz parte da programação do “Julho Amarelo” – mês em que são reforçadas todas as ações para o combate à doença e que tem seu ponto máximo no dia 28, definido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como o Dia Mundial de Combate às Hepatites Virais, data consolidada por Lei Federal em 2018.

“É uma determinação do prefeito Arthur Virgílio Neto que Manaus possa oferecer, com qualidade, saúde pública para a população. E é muito importante destacar o nosso programa municipal de imunização. Hoje, se a gente olhar todas essas campanhas feitas, nós atingimos praticamente 100% em todas as campanhas. Isso é importante. Pelo compromisso da prefeitura, mas também porque a população participa desse momento, ela responde a esse compromisso”, afirmou a titular da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), Conceição Sampaio, que representou o prefeito Arthur Virgílio Neto e a primeira-dama Elisabeth Valeiko do Carmo Ribeiro no evento.

A secretária destacou, ainda, a importância da prevenção. “Os dados que temos é que, de janeiro a junho deste ano, foram registrados 100 novos casos de hepatites virais. Significa que se essas 100 pessoas tivessem procurado fazer os testes, tomar as três doses das vacinas, não estariam apresentando esse quadro que pode se agravar para uma cirrose hepática e até mesmo o câncer. A prevenção é sempre a melhor atitude”, afirmou a secretária.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, embora as ações sejam reforçadas durante o mês de julho, em 183 unidades de saúde, todos os serviços de prevenção – consulta, teste rápido e vacinação – estão disponíveis nas UBSs rotineiramente. O período de campanha é importante para divulgar como se combater as hepatites virais, que são doenças graves que, muitas vezes, ocorre de forma silenciosa.

“Hoje estamos lançando a campanha no Shopping Phelippe Daou com a realização de teste rápido, vacinas e distribuição de preservativos. É importante também dizer que nós temos mais de 150 unidades que disponibilizam essa vacina no calendário normal, de rotina”, reforçou Magaldi. Ele lembrou, ainda, que a vacina é direcionada a homens, mulheres e crianças de ambos os sexos. “É muito importante que todos completem as três doses da vacina, as grávidas especialmente, porque elas também imunizam seus bebês”, alertou.

Doença silenciosa

Rita de Cássia de Jesus, chefe do Núcleo de Controle das Hepatites Virais, alerta a população para a ausência de sintomas prévios das hepatites. “Esse é o grande desafio das hepatites, porque inicialmente ela é uma doença silenciosa, não produz sintomas. Quando aparecem mal-estar, náuseas, vômitos, febre, diarreias e, dependendo do comprometimento do fígado, pele e olhos amarelos, aí já temos a progressão da doença”, explicou. “Quanto mais precoce for o diagnóstico, o tratamento tem uma atuação bem melhor em cada pessoa”, afirmou.

Para evitar essa progressão é importante procurar o diagnóstico precoce, principalmente nos grupos de alto risco: aquele que não tem segurança quanto aos parceiros sexuais; quem compartilhou agulhas, tesourinhas, alicates e outros instrumentos suspeitos; quem fez tatuagens; quem manteve relações sexuais sem proteção; quem ingeriu alimentos contaminados; e quem não tem certeza sobre a qualidade da água ingerida. Essas pessoas devem procurar uma Unidade de Saúde Básica, fazer o teste rápido e buscar a imunização ou o tratamento em caso de confirmação do diagnóstico.

Quem não perdeu a oportunidade, nem o entusiasmo, foi o permissionário Francisco Raimundo de Souza que, além de tomar a vacina, se comprometeu em indicar aos seus clientes para que busquem a prevenção da doença. “A gente trabalha e, às vezes, não tem tempo nem de ir a um posto de saúde. Então é muito bem-vinda essa campanha aqui no shopping, principalmente para nós que somos permissionários, por causa do movimento aqui dentro”, comemorou.

*Com informações da assessoria

Publicidade

Comentários