×

Cidades

Prefeito percorre ministérios em busca de recursos para obras e serviços

 Arthur Virgílio Neto, busca nos ministérios recursos que possam dar fôlego financeiro à administração municipal - foto: divulgação/Semcom

Arthur Virgílio Neto, busca nos ministérios recursos que possam dar fôlego financeiro à administração municipal – foto: divulgação/Semcom

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, está com agenda intensa em Brasília. Com o fim de ano se aproximando e o planejamento sendo feito para o próximo mandato, ele vem percorrendo ministérios em busca de recursos que possam dar fôlego financeiro à administração municipal. Arthur esteve acompanhado do senador Eduardo Braga e do deputado federal Marcos Rotta, que é vice-prefeito a partir de 2017.
Em um dia, o prefeito foi recebido pelo ministro das Cidades, Bruno Araújo; da Saúde, Ricardo Barros; do Turismo, Marx Beltrão; da Educação, Mendonça Filho; e da Fazenda, Henrique Meirelles. De acordo com o prefeito, todos foram muito solícitos e disseram estar abertos para liberar recursos a Manaus no próximo mandato.

Publicidade

“Este planejamento antes do ano terminar é fundamental. A presença do senador Eduardo Braga é importante porque ele é o relator-geral da proposta orçamentária de 2017. Cabe a ele analisar as despesas propostas pelo Executivo e pelos demais poderes em áreas como investimento, funcionalismo público e pagamento da dívida pública. O governo de Michel Temer tem se mostrado mais sensível aos nossos pedidos”, assinalou o prefeito.

Em termos práticos, ficou definido que o Ministério do Turismo vai liberar R$ 500 mil para a reforma do telhado do Paço Municipal, que foi revitalizado, mas não contemplou o teto; o Ministério da Saúde destinará recursos para incrementar as ações básicas de saúde e combater o mosquitos da dengue, além da construção de novas unidades de saúde e equipes da estratégia da família; e o Ministério das Cidades vai colocar no Orçamento Geral da União recursos para infraestrutura da cidade e transporte.

“O deputado Marcos Rotta ainda esteve com o ministro do Esporte, Leonardo Picciani, que vai liberar R$ 1 milhão para nossa Secretaria Municipal de Esportes Juventude e Lazer (Semjel). Junto à Educação também vamos conseguir novos avanços. Eles têm visto que Manaus está crescendo no Índice de Desenvolvimento de Educação Básica (Ideb) e atenderão nossos pleitos”, afirmou o prefeito.

Para o senador Eduardo Braga, a ida de Arthur Neto a Brasília é fundamental, pois o Governo Federal ouve de forma mais estreita os pleitos de Manaus. “Nós estamos elaborando uma série de ajustes no orçamento para poder atender as solicitações. Teremos mais recursos para o custeio da saúde. Conseguimos recursos, inclusive para que, no momento de crise, os bairros das zonas Norte e Leste continuem tendo recursos para infraestrutura. Essa aliança tem se mostrado forte. Quem ganha é a cidade”, assinalou o senador.

BRT

O ministro Bruno Araújo, mais uma vez, afirmou que a partir do ano que vem, com o orçamento aberto, o sistema de transporte coletivo em Manaus será uma das prioridades do governo federal. O projeto do Bus Rapid Transit (BRT) está passando por adequação final para que comece a ter recursos liberados. A escolha do BRT para Manaus é considerada dentro do Plano de Mobilidade (PlanMob) o mais adequado por apresentar o menor custo em relação a outras tecnologias de transporte. O custo total é de aproximadamente R$ 1,2 bilhão.

“Equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) também participaram da reunião com o ministro das Cidades. Já temos, inclusive, calendário de obras. Se tudo continuar caminhando bem, já veremos obras do BRT a partir do meio deste ano”, afirmou o prefeito.

Com informações da assessoria

Comentários