×

CidadesPolícia

Polícia recupera 35 condicionadores de ar roubados de empresa no bairro Tarumã, em Manaus

As unidades foram roubadas no dia 18 de novembro deste ano, de uma empresa de logística responsável pelo transporte da carga - foto: Erlon Rodrigues/assessoria da Polícia Civil

As unidades foram roubadas no dia 18 de novembro deste ano, de uma empresa de logística responsável pelo transporte da carga – foto: Erlon Rodrigues/assessoria da Polícia Civil

Trinta e cinco aparelhos condicionadores de ar foram recuperados pelo Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO). As unidades roubadas no dia 18 de novembro deste ano, de uma empresa de logística responsável pelo transporte da carga, situada no bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus, foi apresentada na manhã de terça-feira (29), durante coletiva de imprensa realizada à 9h30, no prédio da Delegacia Geral da Polícia Civil (PC).

Publicidade

De acordo com o diretor do DRCO Juan Valério, os trabalhos em torno do caso contam com o reforço das equipes da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd). Conforme o diretor do DRCO, as investigações sobre o roubo tiveram início no dia seguinte ao delito, por policiais civis lotados na especializada, onde a ocorrência foi registrada.

“O crime ocorreu no dia 18 deste mês, por volta das 22h, na Rua Otília, loteamento Campos Sales, bairro Tarumã. No dia do delito dois homens armados com revólveres abordaram os condutores e mecânicos que transportavam a mercadoria, os fizeram reféns e posteriormente os abandonaram em via pública, levando o carregamento avaliado em R$ 1 milhão”, explicou Valério.

Segundo o diretor do DRCO, na tarde do último domingo, dia 27, por volta das 14h, a equipe do departamento recebeu uma denúncia anônima informando o endereço onde a mercadoria roubada estaria. Em seguida os policiais civis da unidade foram até o local indicado para averiguar a delação e constataram a veracidade da informação. No local, um depósito de uma igreja evangélica situada no bairro Petrópolis, zona Sul, eles conseguiram recuperar algumas unidades.

“No momento da abordagem o pastor da igreja argumentou desconhecer que os ares-condicionados seriam roubados. O homem afirmou que um frequentador da igreja, que se apresenta como policial, teria informado que as unidades seriam fruto de uma apreensão que ele havia efetuado e, que as recebeu como gratificação pelo serviço desempenhado. Em um segundo endereço, na Rua General Carneiro, bairro São Francisco, zona Sul, outras unidades foram encontradas”, disse Juan Valério.

Ao longo da coletiva de imprensa o diretor do DRCO afirmou que a Derfd ficará responsável pelo procedimento que será adotado em relação ao pastor da igreja. Segundo a autoridade policial, as equipes do DRCO e Derfd darão continuidade às investigações para localizar o restante da mercadoria. Os dois caminhões que transportavam a carga roubada foram encontrados no mesmo dia do crime, pela equipe da Derfd, abandonados na Comunidade Parque Riachuelo, bairro Tarumã, zona Oeste de Manaus. Até o momento quatro pessoas já foram identificadas por possível ligação à ação criminosa.

O diretor adjunto do DRCO, delegado Guilherme Torres, fez um alerta às pessoas que tenham comprado os produtos roubados, pois poderão responder por crime de receptação. “Pedimos às pessoas que tenham adquirido esses condicionadores de ar, oriundos da prática criminosa, que nos procurem e possam colaborar com o andamento das investigações. Pretendemos, com isso, recuperar o restante da mercadoria roubada e prender os envolvidos no delito”, finalizou Torres.

Com informações da assessoria

Comentários